A Associação dos Emigrantes Açorianos (AEAzores) esteve no arquipélago das Bermudas a reunir esforços para as comemorações dos 175 anos da presença portuguesa nas Bermudas, que decorrerá em 2024. Rui Faria, presidente da associação reuniu com diversas instituições locais, bem como com personalidades importantes para o contexto.

 

 

No passado mês de março, a Associação dos Emigrantes Açorianos (AEAzores), na pessoa do seu presidente Rui Faria, esteve no arquipélago das Bermudas para uma série de eventos. Além da participação nos mesmos, o presidente ainda reuniu esforços para as comemorações dos 175 anos da presença portuguesa nas Bermudas, a decorrer em 2024.

O convite partiu da presidente da Casa dos Açores da Bermuda e Cônsul Honorária Portuguesa na Bermuda, Andrea Moniz-DeSouza. A AEAzores partiu numa missão de reunir instituições e individualidades para estas comemorações, assim como para uma série de eventos de cariz açoriano na Bermuda. Além de um programa festivo em 2024, um dos objetivos é a concretização de um livro sobre esta histórica presença portuguesa, complementado com um livro infantil.

Para concretizar estes objetivos, a AEAzores promoveu um encontro que juntou dez entidades na Casa dos Açores da Bermuda com forte pendor açoriano naquele arquipélago: o Consulado Honorário de Portugal na Bermuda, a Casa dos Açores da Bermuda, o Vasco da Gama Club, o Portuguese Cultural Association, a Comissão do Divino Espirito Santo, a Comissão do S. S. Cristo dos Milagres, os Amigos da Terceira Idade, a Comissão de Santo António, o Conselho Pastoral Português e o Grupo Coral Diocesano Português. A AEAzores também se reuniu com o Museu, Biblioteca e Arquivo Nacional, assim como com o Ministro da Cultura da Bermuda, preparando estreitas colaborações.

Além dos encontros com estas instituições, a associação promoveu reuniões com o Conselheiro das Comunidades Açorianas, Alex Moniz, o político Trevor Moniz e o advogado Robert Pires.

A AEAzores também inaugurou e ofereceu à Casa dos Açores da Bermuda, pelo seu sétimo aniversário, uma exposição de fotografias da autoria de Laudalino da Ponte Pacheco, com a colaboração da Santa Casa da Maia e da Câmara Municipal da Ribeira Grande.

A Associação dos Emigrantes Açorianos fez-se acompanhar do Chef António Cavaco que apresentou o seu mais recente livro, “Flavours of the Islands”. Pela comemoração dos 140 anos da presença consular portuguesa na Bermuda, a AEAzores, o Consulado e a Casa dos Açores da Bermuda, organizaram um jantar açoriano num dos melhores hotéis da Bermuda, o Hamilton Princess, onde estiveram 150 pessoas.