Com mais concertos e uma feirinha mais diversificada, as Festas de Sant’Ana voltaram a Leça da Palmeira com um programa recheado de boa música e muita animação. Depois de dois anos em que a festividade não se pôde realizar, devido aos constrangimentos impostos pela pandemia da Covid-19, em 2022 regressou e arrastou milhares de pessoas até ao Parque Público Engenheiro Fernando Pinto de Oliveira. No palco, grandes nomes da música nacional, como Bárbara Bandeira, mas também vários artistas locais, numa tentativa da Junta de Freguesia apoiar os artistas da casa que estiveram sem trabalhar durante o período da pandemia. Transformando a festa num evento para todos, este ano as comemorações contaram, também, com um concerto a pensar nos mais pequenos. Aliada às Festas de Sant’Ana esteve, também, a XXIII edição do Festival Internacional de Folclore de Leça da Palmeira, o Festarte 2022, que contou com a presença de grupos de sete países distintos. A edição de 2022, que aconteceu entre 26 de julho e 7 de agosto, foi um enorme sucesso e já se pensa na festa do próximo ano.

 

 

 

As Festas de Sant’Ana voltaram a Leça da Palmeira, depois de dois anos de interregno impostos pelas condicionantes da pandemia da Covid-19. Entre os dias 26 de julho e 7 de agosto, o Parque Público Eng. Fernando Pinto de Oliveira recebeu muita música, cultura e animação, num evento que incorporou, ainda, a XXIII edição do Festival Internacional de Folclore de Leça da Palmeira, mais conhecido como Festarte.

A abertura das Festas de Sant’Ana, aconteceram no passado dia 26 de julho, e contaram com a participação da Fanfarra da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Matosinhos-Leça. Seguiu-se a Missa em honra de Santa Ana e São Joaquim, na Capela de Sant’Ana, que, ao mesmo tempo que celebrou o dia dos avós, também contou com o momento da bênção às grávidas. A Eucaristia foi celebrada pelo pároco da freguesia, o padre Francisco Andrade. A música começou, apenas, no dia seguinte, com a atuação da Escola de Dança Attitude, seguida da interpretação do grupo Not All Tails. Na quinta-feira, dia 28 de julho, foi a vez de subir ao palco o MC Putto e, depois, seguiu-se o concerto do Projeto 65.

O dia 29 de julho marcou, também, o arranque do Festival de Folclore. Durante a tarde deu-se a cerimónia de abertura do Festarte 2022, que aconteceu no edifício da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira e, nessa noite, a gala de abertura, que teve lugar no Salão Paroquial de Leça da Palmeira. A XXIII edição do Festival Internacional de Folclore de Leça da Palmeira contou com a participação de sete países, Espanha, Egipto, Guiné-Bissau, Geórgia, Itália, México e Polónia, que mostraram o que de melhor se faz em cada país, no âmbito do folclore. A animação não parou e, também nessa noite, mas no Parque Público Eng. Fernando Pinto de Oliveira, Nelo Ferreira foi o primeiro a atuar, seguindo-se o concerto dos Jurássicos. A noite terminou com o majestoso fogo de artifício.

Na tarde de sábado, dia 30 de julho, os mais pequenos puderam aproveitar o jardim, equipado com parque infantil, enquanto desfrutavam da atuação de Kiki, sendo que, nessa noite, o palco acolheu a tradicional Noite de Fados, que contou com a participação de Bruno Alves, Francisco Moreira, Pedro Ferreira, Helena Carvalho, Sandra Cristina, Maria do Sameiro, acompanhados, nas guitarras portuguesas, por Samuel Cabral e Miguel Amaral, na viola de fado, por Paulo Faria de Carvalho e, no baixo, por Rafael Carvalho Jr.

A manhã de domingo acolheu a Missa Solene, na Igreja Matriz de Leça da Palmeira, e, nessa tarde, aconteceu o Desfile Etnográfico, relativo ao Festarte 2022, seguido das atuações. Nessa noite, Bárbara Bandeira, num concerto promovido pela Câmara Municipal de Matosinhos, subiu ao palco das Festas de Sant’Ana e encantou os habitantes de Leça da Palmeira, e todos os que visitaram o certame.

Durante toda a semana aconteceram atuações relativas ao Festarte. No dia 6 de agostou houve, ainda, uma aula de Fit Brasil com Ivan Araújo e, nessa noite, aconteceu uma Roda de Samba feminina, protagonizada pelo grupo Tanto Bate até que Samba. No dia 7 de agosto, deu-se o encerramento do Festival Internacional de Folclore de Leça da Palmeira.

O AUDIÊNCIA fez questão de marcar presença no regresso desta festividade e acompanhou a abertura das Festas de Sant’Ana, bem como a missa em honra de Santa Ana e São Joaquim, que contou com a presença de Carlos Mouta, vice-presidente da Câmara Municipal de Matosinhos.

Paulo Ramos Carvalho, presidente da União de Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira, lembrou a importância vital das Festas de Sant’Ana e mostrou-se muito feliz com o regresso das mesmas. “É tradição muito enraizada na nossa comunidade, é um período de muita alegria, onde as pessoas gostam de se encontrar e, durante dois anos, não puderam fazê-lo, portanto, é muito importante este reencontro da comunidade”, referiu o autarca.

Este ano, o certame contou com algumas alterações, desde logo o aumento do número de concertos, sendo que muitos deles foram protagonizados por artistas locais, bem como a mudança no tradicional mercadinho de artesanato, que passou a contar com a vertente gastronómica. “Esta edição superou as nossas expectativas e voltou a juntar milhares de pessoas no Parque Público Engenheiro Fernando Pinto de Oliveira. Através de uma programação diversificada, onde foi clara a aposta na «prata da casa», esta edição revelou-se cheia de animação, energia e muito boa música. Para além destes fatores, foi feita, também, uma melhoria na feira de artesanato, tendo sido reforçada a oferta gastronómica”, destacou Paulo Ramos Carvalho.

Quanto à XXIII edição do Festival Internacional de Folclore de Leça da Palmeira, o Festarte 2022, organizado pelo Rancho Típico da Amorosa, em colaboração com a Junta de Freguesia, o edil lembrou a diversidade do mesmo que, este ano, contou com a participação de sete países diferentes. “O festival permite-nos ver do melhor que se faz, cá em Portugal, mas também do melhor que se faz pelo mundo, e quando se tem a oportunidade de ver o que é a veia cultural de outros países, isso só nos faz engrandecer ainda mais”, refletiu Paulo Ramos Carvalho.

Com um balanço extremamente positivo da edição de 2022, o autarca de Matosinhos e Leça da Palmeira garantiu ao AUDIÊNCIA que “as Festas de Sant´Ana regressam em 2023 e estamos já a trabalhar para elevar o nível e superar as melhores expectativas”.