O tradicional passeio anual sénior da União de Freguesias de Santa Marinha e São Pedro da Afurada voltou a realizar-se, após dois anos de interregno, no passado dia 22 de setembro. Partiram da freguesia gaiense 18 autocarros que transportaram os seniores até Esposende. O grupo assistiu, na Igreja Matriz desta localidade, à eucaristia celebrada pelo padre Almiro e, de seguida, rumou à Quinta da Malafaia. Para além dos 900 seniores, o passeio contou com a presença dos elementos da União de Freguesias, de Patrocínio Azevedo, vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e de várias instituições e coletividades gaienses.

 

O passeio anual sénior da União de Freguesias de Santa Marinha e São Pedro da Afurada reuniu 900 idosos, com o intuito de lhes proporcionar um dia repleto de animação e convívio. Os autocarros partiram da freguesia gaiense com destino à Igreja Matriz de Esposende, onde o grupo teve a oportunidade de assistir à missa celebrada pelo padre Almiro, ou de explorar o local. Após a paragem na Igreja, os seniores rumaram até à Quinta da Malafaia, onde usufruíram de um almoço, seguido de uma tarde recheada de animação proporcionada por alguns habitantes da união de freguesias, pela Quinta e pela atuação das Varinas da Afurada. No final da tarde, o grupo desfrutou de um lanche, acompanhado por uma fatia de bolo e um copo de champanhe.

Antes do lanche, Paulo Lopes, presidente da União de Freguesias de Santa Marinha e São Pedro da Afurada, e Patrocínio Azevedo, vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, aproveitaram para proferir algumas palavras e agradecimentos. O presidente da União de Freguesias aproveitou para referir que “era encontro anual que já não realizávamos há quase três anos” e admitiu que “tinha saudades deste convívio anual, obrigado por estarem aqui e obrigado a esta fantástica equipa da Malafaia”. No momento do corte do bolo, Paulo Lopes aproveitou para chamar ao palco alguns parceiros da União de Freguesias, entre eles, o comissário da polícia de segurança pública, o presidente dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões, o representante da Cruz Vermelha Portuguesa – delegação Vila Nova de Gaia, presidente dos Motars Gaia, o presidente da Federação das Coletividades de Vila Nova de Gaia, o chefe do Agrupamento de Escuteiros Coimbrões e o chefe do Agrupamento de Escuteiros Cristo Rei. O presidente da União de Freguesias de Santa Marinha e São Pedro da Afurada mostrou-se “manifestamente feliz, foi um bom momento e espero que todos tenham usufruído dele”.

Paulo Lopes enalteceu ao AUDIÊNCIA que o regresso desta iniciativa “é de uma importância capital, este é um evento de escala considerável e que carece de uma preparação adequada para que consigamos proporcionar um dia inesquecível as pessoas”. O presidente destacou também que “foi um dia muito especial e que exigiu da Junta de Freguesia todo o cuidado e foi uma honra proporcionar este momento aos seniores, neste espaço magnífico que é a Quinta da Malafaia”. Paulo Lopes admitiu ser “fundamental a realização do passeio sénior” e assegurou que a União de Freguesias tem um conjunto de iniciativas para a população sénior, “em dezembro, vamos ter uma iniciativa muito similar, que é o almoço de Natal, que é direcionado a esta faixa etária, que se realizará no Pavilhão Municipal de Coimbrões”. O presidente garantiu ainda o grande investimento na saúde com “quatro postos de enfermagem, em locais determinantes, que proporcionam a esta população todos os cuidados primários de forma gratuita”. Destacou ainda que “a União de Freguesias tem dois programas de emergência social, um em parceria com o município e um que a Junta detém por sua iniciativa” e garantiu que “investimos muito na emergência social e, em particular, naquela que é direcionada para as pessoas que tem mais idade”. Paulo Lopes terminou a sua intervenção assegurou que “correu muito bem e gostei muito de ver entre nós o município, que é um dos principais parceiros destes eventos, porque também apoia financeiramente” e sustentou que “foi motivo de satisfação ter entre nós o Patrocínio Azevedo e tê-lo ouvido dizer aquilo que ele disse a todos os participantes, porque significa que é o cumprimento do dever e que as coisas tem tudo para que corra bem e que seja um sucesso”.

Patrocínio Azevedo, vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, começou por agradecer “à Junta de Freguesia pelo convite, mas, sobretudo, agradecer à Junta de Freguesia na pessoa do Paulo Lopes, o nosso presidente de Junta pelo trabalho fantástico na organização deste dia, basta olhar para a pista, ver as pessoas contentes, felizes, é sinal que valeu a pena o investimento e que valeu a pena estarmos cá”. De seguida endereçou “uma palavra de parabéns à Quinta da Malafaia pelo excelente ambiente que se viveu aqui e ao sr. Padre Almiro por aquilo que ele faz nas suas paroquias, mas sobretudo pelo cidadão exemplar que é enquanto gaiense”. O vice-presidente enalteceu que “ao fim de dois anos impedidos deste tipo de convívio já valeu a pena e saio daqui muito inspirado para aquilo que é o trabalho que tem de ser feito daqui para a frente”. Patrocínio Azevedo destacou o retorno desta iniciativa “é fundamental, a Câmara Municipal sempre apoiou os passeios da terceira idade, este ano com mais intensidade e com uma prioridade mais vincada, porque durante dois anos muitas destas pessoas estiveram impedidas de sair de casa”.

Para o vice-presidente “esta alegria vale muito mais do que a pavimentação de uma rua, porque uma rua ao fim de dois ou três anos está desgastada e temos de voltar a gastar dinheiro a pavimentar, as memorias que se levam deste dia são imperdíveis, as pessoas ficam com elas para sempre”. Sobre as iniciativas levadas a cabo pelo município para contribuir para a melhoria da qualidade de vida sénior, Patrocínio Azevedo enalteceu que “para além de participarmos e apoiarmos todos os passeios da terceira idade de todas as freguesias, vamos realizar em outubro o Mês do Idoso, onde queremos proporcionar momentos de convívio, a uma escala mais pequena”. O vice-presidente admitiu ainda que “o principal foco é o dia a dia, nós conquistamos, recentemente, 12 milhões de euros de investimento na área social, cerca de 500 novas respostas sociais, especialmente para esta faixa etária”. Na ótica de Patrocínio Azevedo “não podemos dar um dia por ano, temos de tratar as pessoas todos os dias do ano e estamos a fazer isso em rede com o Governo através do PRR, mas também com as IPSS locais. É esse o contributo que nós estamos a dar para que Gaia tenha melhor qualidade de vida e este público em concreto tenha melhor qualidade de vida”. Patrocínio Azevedo terminou a sua intervenção referindo que “muitas pessoas dizem que isto é gastar dinheiro, mas nós dizemos que isto é investir na felicidade dos gaienses” e com o compromisso de que “a Câmara continuará a apoiar este tipo de eventos”.