A Câmara da Ribeira Grande aprovou, por unanimidade, um apoio excecional de 40 mil euros, para fazer face às perdas verificadas durante o período de cerca sanitária em Rabo de Peixe. O apoio é válido para micro, pequenas e médias empresas com sede ou estabelecimento estável em Rabo de Peixe.

O formulário para preenchimento das candidaturas já está disponível no site da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada (www.ccipd.pt) e pode ser submetido até 28 de março. Os montantes vão até 15% da quebra da faturação mensal, sendo acumulável um apoio até 500 euros para empresas que têm contratos de arrendamento.

“Este apoio, a fundo perdido, visa compensar as empresas que foram diretamente afetadas pela cerca sanitária implementada pela Autoridade de Saúde na vila de Rabo de Peixe”, explicou Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara da Ribeira Grande. O autarca ribeira-grandense ainda sublinhou que a única contrapartida inerente ao apoio é os beneficiários não podem cessar a atividade da empresa durante o período de 30 dias. Os pagamentos serão rápidos, sendo que o presidente assumiu que aconteceriam até quinze dias depois da submissão do pedido.

A gestão logística desta medida de apoio foi delegada na Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, através da assinatura de um protocolo de delegação de competências.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com