O Dia da Freguesia de São Brás foi assinalado a 18 de setembro, no Complexo Desportivo da localidade. Esta data foi festejada junto da comunidade, com um programa recheado de atividades, que decorreram de 16 a 20 de setembro, que engrandeceram 42º aniversário deste território. A tradicional sessão solene foi um dos pontos altos das comemorações e ficou marcada pela presença de Carlos Anselmo, vice-presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, autarcas, deputados regionais e representantes de entidades civis e militares.

 

A Junta de Freguesia de São Brás promoveu inúmeras iniciativas, no âmbito das comemorações do 42º aniversário da elevação da localidade, destinadas a toda a comunidade.

As festividades arrancaram no passado dia 16 de setembro, no Complexo Desportivo de São Brás, com porco no espeto e a atuação musical de ACOUSTICS. Já no dia seguinte, a animação começou durante a tarde, com a atividade do ginásio Fit4Life, ao passo que a noite foi inaugurada com a Festa Branca, seguindo-se o espetáculo musical do grupo Stereo Mode e, mais tarde, do DJ Hélder Cunha, que encerrou a noite.

O dia do 42º aniversário de elevação de São Brás a freguesia, assinalado a 18 de setembro, começou com animação infantil, nomeadamente pula-pulas, pinturas faciais e jogos tradicionais. A cerimónia solene foi um dos pontos altos da celebração desta data, uma vez que comemorou e relembrou a data em que foi edificada esta localidade, em 1980, e ficou marcada pela homenagem aos anteriores presidentes de Junta, assim como às respetivas equipas, pelos seus contributos e sacrifícios pessoais, em prol do desenvolvimento do território. “Um aniversário é sempre motivo de festa”, enalteceu António Monteiro, presidente da Junta de Freguesia de São Brás, em entrevista exclusiva ao AUDIÊNCIA, sublinhando que “esta festividade teve como objetivo “colmatar a lacuna de não assinalar esta data, tão importante para nós. Portanto, tentamos elaborar um programa abrangente, que tocasse a todas as gerações e entendemos que conseguimos alcançar este objetivo”.

Assegurando que “uma freguesia constrói-se e não nasce”, o autarca salientou que “a elevação a freguesia foi um passo muito importante para a nossa terra, rumo a um futuro, que se revelou próspero e que se prevê que assim continue nos próximos tempos”, lembrando tudo o que foi construído ao longo dos últimos 42 anos e que beneficiou a população, nomeadamente uma escola primária, ruas alcatroadas, jardins, saneamento básico, água potável, “quando antes era tudo terra”.

O presidente da Junta de Freguesia de São Brás aproveitou, ainda, a ocasião para agradecer “à Câmara Municipal da Ribeira Grande, porque com o Alexandre Gaudêncio na autarquia nós já conseguimos muito e vamos conseguir muito mais”, evidenciando que “São Brás não pode parar, porque existem, aqui, pessoas que têm vontade que a freguesia cresça mais e que seja vista da mesma forma que as outras localidades”.

Destacando a “importância da descentralização do poder local e das Juntas de Freguesia”, António Monteiro afiançou que “as freguesias, nos dias de hoje, têm cada vez mais delegações de competências e a nossa não é exceção, o que nos permite desenvolver um trabalho de maior proximidade, junto da população, pela relação que as Juntas têm com as pessoas, permitindo, assim, uma melhor otimização dos recursos disponíveis, em função das necessidades locais”.

O vice-presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Carlos Anselmo, marcou presença na sessão solene comemorativa do 42º aniversário da elevação de São Brás a freguesia e fez questão de congratular a população pela data, enaltecendo o trabalho que tem vindo a ser realizado pelo executivo da Junta de Freguesia, no que toca ao dinamismo e desenvolvimento da localidade. “Celebrar o aniversário da Freguesia de São Brás é, também, reconhecer e agradecer o contributo de todos os cidadãos, coletividades e associações que dinamizam a freguesia, em prol da cultura, do desporto e das ações humanitárias, pois uma freguesia constrói-se com o contributo de todos”, ressaltou o edil.

Na ocasião, Carlos Anselmo frisou a importância do trabalho em rede, que tem vindo a ser desenvolvido em parceria com a autarquia, tendo em vista promover mais qualidade de vida aos cidadãos. “Através de uma cooperação ativa entre a Câmara Municipal da Ribeira Grande e a Junta de Freguesia de São Brás, assente em vários contratos interadministrativos e outros investimentos camarários, foi possível melhorar os índices de conforto e qualidade de vida dos nossos munícipes, assim como criar condições para o melhoramento das infraestruturas. Este dia, em particular, é relevante para olharmos, não só para o trabalho realizado, como também para o futuro”, enfatizou o vice-presidente da edilidade ribeiragrandense, divulgando que está previsto “melhorar a rede de saneamento básico, o parque escolar, a saúde, aprofundar o desenvolvimento sustentável, assumindo, ao mesmo tempo, a coesão, a solidariedade, a igualdade de oportunidades e a justiça social. Também, gostaria de vos transmitir que, neste momento de afirmação de São Brás, comemoramos o Dia da Freguesia, com a convicção de que todos ganhamos ao darmos um pouco de nós, em prol de algo que é maior e melhor”.

No final da cerimónia, os convidados cantaram os parabéns, comeram bolo e brindaram a São Brás.

O programa comemorativo do Dia da Freguesia prosseguiu no dia 19 de setembro, com uma mostra gastronómica e a atuação musical da dupla Pedro e Marina, tendo terminado no dia 20, com uma prova de queijos e vinhos e a sessão de encerramento do aniversário da localidade. Para este dia, estava, também, agendado um passeio de autocarro, porém, este acabou por ser adiado para o dia 5 de outubro, devido a questões logísticas.

Radiante e a pensar no futuro, António Monteiro terminou as comemorações deste aniversário com a certeza de que “é um objetivo nosso não deixar passar esta data, sem que a mesma seja, de agora em diante, sempre assinalada”.