A gala de encerramento da IX edição do Festeatro – Festival de Teatro Amador de Vila Nova de Gaia foi organizada pela Federação das Coletividades de Vila Nova de Gaia e decorreu, no passado dia 12 de dezembro, no Auditório Municipal de Gaia. Este evento, que homenageou os atores António Meireles e Nelson Macedo, com os galardões “Personalidade Teatral 2020” e “Personalidade Teatral 2021”, respetivamente, contou com a presença de Paula Carvalhal, vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Gaia, inúmeras coletividades e entidades locais.

 

 

O Festeatro foi fundado pela Federação das Coletividades de Vila Nova de Gaia (FCVNG), tendo em vista a promoção do teatro amador desenvolvido pelas coletividades gaienses. A nona edição desta iniciativa decorreu entre os dias 8 de outubro e 6 de novembro, no Auditório Municipal de Gaia, tendo contemplado a apresentação de 12 peças, que foram interpretadas por oito instituições do concelho.

O Festival de Teatro Amador começou, assim, no passado dia 8 de outubro, com a interpretação da peça “Aquele Inverno”, pela Tuna Musical de Santa Marinha, e prosseguiu no dia 9 com a peça “Uns comem os figos…” da Associação Recreativa de Canelas. Por outro lado, o Grupo Dramático de Vilar do Paraíso apresentou “O Quiosque” no dia 10 de outubro, enquanto Os Plebeus Avintenses pisaram o palco do Auditório Municipal de Gaia no dia 15 para exibirem “Três pancadas improvisadas”. No passado dia 16 foi a vez do Sporting Clube Candalense mostrar a peça “Auto da Barca do Inferno do Século XXI”, ao passo que no dia 17 Os Plebeus Avintenses interpretaram “The Breakfast Club”. No passado dia 22 de outubro, a Associação Recreativa de Perosinho exibiu “Nada como ter saúde”, enquanto no dia 23, o Teatro Amador de Sandim apresentou a peça “O último combate”. A Tuna Musical de Santa Marinha regressou ao palco do Auditório Municipal de Gaia a 24 de outubro, com a peça “Vem à revista”, ao passo que a ACRAV apresentou “Nina” aos gaienses no dia 29. Por sua vez, o Sporting Clube Candalense interpretou, no passado dia 5 de novembro, “Gaia em Revista – Da lenda de D. Ramiro a D. Eduardo I”, enquanto Os Plebeus Avintenses apresentaram, no passado dia 6 de novembro, a peça “Ela, Ele e Todos Nós”, que encerrou a nona edição do Festeatro.

A gala de encerramento deste Festival realizou-se no passado dia 12 de dezembro, no Auditório Municipal de Gaia e culminou com a homenagem aos atores e encenadores António Meireles e Nelson Macedo, que contemplou a atribuição, por parte da Federação das Coletividades de Vila Nova de Gaia, dos galardões “Personalidade Teatral 2020” e “Personalidade Teatral 2021”, respetivamente, “pelos êxitos alcançados, pelos exemplos transmitidos, pela qualidade dos seus trabalhos nos palcos por onde passaram e pela dedicação e paixão pelo teatro”.

Neste contexto, Paulo Rodrigues, presidente da Federação das Coletividades de Vila Nova de Gaia, explicou que a homenagem ao senhor António Meireles “era para ter ocorrido em 2020, mas, infelizmente, devido à pandemia que ainda nos assola, não foi possível. No entanto, estamos aqui hoje, para homenagear estas duas personalidades do teatro e a Federação das Coletividades de Vila Nova de Gaia é com um imenso prazer e com muito gosto que promove esta homenagem a estes dois atores, encenadores, homens do teatro e da poesia”.

Agradecendo a todas as coletividades por terem participado na nona edição do Festeatro e “por manterem viva aquela que já é uma tradição neste concelho”, o presidente da Federação das Coletividades de Vila Nova de Gaia enalteceu que, “de facto, estamos aqui todos para aprendermos uns com os outros e, também, para, certamente, prepararmos a próxima edição, a X edição do Festeatro. Se tudo correr bem, em 2022, cá estaremos e com certeza que, todos juntos, faremos, certamente, mais e melhor pelo teatro em Vila Nova de Gaia”.

A entrega de troféus e diplomas de participação às coletividades que pisaram o palco do Auditório Municipal de Vila Nova de Gaia, no âmbito da nona edição do Festeatro, também foi um dos pontos altos da tarde. Assim, a Federação das Coletividades de Vila Nova de Gaia distinguiu a Tuna Musical de Santa Marinha, a Associação Recreativa de Canelas, o Grupo Dramático de Vilar do Paraíso, Os Plebeus Avintenses, o Sporting Clube Candalense, a Associação Recreativa de Perosinho, o Teatro Amador de Sandim e a ACRAV – Associação Cultural Recreativa “Os Amigos Vilarenses”.

Por conseguinte, a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Gaia, Paula Carvalhal, que fez questão de marcar presença neste evento, afirmou que “o senhor António Meireles e o senhor Nelson Macedo representam o grande objetivo deste festival de teatro amador, o Festeatro”, sublinhando que “hoje estamos aqui a celebrar um momento importante para todos, que é a celebração maior das artes, que é o teatro”.

Garantindo que “nós queremos muito que este grande Festival seja um sucesso, dando o nosso melhor, contando com o vosso melhor e agradecemos, também, a vossa compreensão”, a edil ressaltou que “queremos continuar a crescer e a evoluir, em conjunto, porque o nosso teatro amador assim o merece”.

A IX edição do Festeatro – Festival de Teatro Amador de Vila Nova de Gaia encerrou com um espetáculo protagonizado pelo Grupo de Danças Andinas “INTICHASKI”, que proporcionou, através da música, uma viagem pelas crenças, mitos, costumes e festas tradicionais da América Latina.