O município da Trofa foi, pela primeira vez, distinguido com o Galardão ECOXXI, promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa, que reconhece as melhores práticas de sustentabilidade ao nível municipal.

 

 

A cerimónia anual de divulgação dos resultados e entrega dos Galardões ECOXXI foi promovida pela Associação Bandeira Azul da Europa e decorreu, no passado dia 16 de dezembro, com transmissão online. Esta iniciativa visa reconhecer as melhores práticas de sustentabilidade, ao nível municipal, através da avaliação, por um conjunto de peritos, de 21 indicadores e 71 subindicadores nas áreas ambiental, social e económica.

O programa ECOXXI incluiu, pela primeira vez este ano, indicadores específicos, no âmbito das alterações climáticas, saúde e bem-estar. São ainda considerados temas a educação para a sustentabilidade, a transparência, a cooperação com a sociedade civil, a gestão e conservação da floresta, a qualidade do ar e ambiente sonoro e a agricultura e o desenvolvimento sustentável.

Neste seguimento, o município da Trofa foi um dos concelhos distinguidos com o Galardão, que premeia a aposta dos territórios na sustentabilidade.

Para Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal da Trofa, “este é um reconhecimento meritório, que impulsiona, ainda mais, o trabalho que temos vindo a desenvolver, no que toca a boas práticas ambientais no concelho. Temos assumido um compromisso com a sustentabilidade, que, enquadrado com os nossos projetos e orçamento municipais, pretendemos continuar a desenvolver. A área ambiental, nas suas diferentes vertentes e de uma forma transversal, já não pode ser descurada em qualquer política municipal, e a Trofa tem dado importantes passos nesta temática”.

Na linha da aposta ambiental que a autarquia trofense tem levado a cabo, destaca-se, por exemplo, o reforço do Plano de Educação Ambiental anual, implementado nas escolas, que este ano envolveu experiências de realidade aumentada, para a promoção da importância de cuidar dos espaços verdes e evitar a poluição sonora. Também, em 2020, o município reforçou a colocação de ecopontos em todas as freguesias, consolidando-se como um dos concelhos portugueses com melhor rácio de ecopontos por habitante.

Neste contexto, a Câmara Municipal tem, entre outras medidas, apostado na desburocratização de processos, nomeadamente através da transação digital, tendo criado a valência Ebalcao, onde os munícipes podem tratar de diferentes assuntos sem se deslocarem aos serviços municipais e sem precisarem de papel. Segundo o município, “no terreno, a autarquia, também, tem já a construção de uma rede de ciclovias e de zonas de circulação pedonal”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com