A adaptação de um rés-do-chão de uma moradia na Ribeira Seca já está a decorrer para dar lugar à Casa das Cavalhadas, um espaço que vai permitir congregar no mesmo espaço a história desta tradição secular.

Localizada mesmo em frente à igreja de São Pedro, a Casa das Cavalhadas “cumpre um anseio da população da Ribeira Seca, na medida em que era necessário oferecer aos locais e a quem nos visita um espaço onde possam aprender mais sobre uma tradição que é única no país”, referiu Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande.

Com um prazo de execução de 180 dias e um custo de 110 mil euros, as obras que se iniciaram recentemente foram anunciadas pelo autarca aquando do concurso da RTP1 alusivo às 7 Maravilhas da Cultura Popular, no qual as Cavalhadas de São Pedro alcançaram o terceiro lugar a nível regional.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com