António Tabico foi agraciado na cerimónia de tributo aos romeiros emigrantes, que foi promovida pela Associação dos Emigrantes Açorianos. O evento contou com a presença do filho do homenageado, Tony Câmara, para além de José Andrade (diretor regional das Comunidades), João Carlos Leite (Movimento Romeiros de São Miguel) e Rui Faria (presidente da Associação dos Emigrantes Açorianos). O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, também fez questão de participar nesta sessão, salientando que o homenageado “foi um forte impulsionador da cultura e tradições dos Açores”, no Canadá.

 

 

Natural da freguesia de Santo António, concelho de Ponta Delgada, António Tabico emigrou para o Canadá na década de 70, do século passado e foi um “forte impulsionador da cultura e tradições dos Açores naquele país”, realçou Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande.

Entre as diversas manifestações culturais que fomentou, as romarias quaresmais foram as mais visíveis, organizando e trazendo à ilha de São Miguel, durante mais de meio século, grupos de emigrantes que pretendiam cumprir a romaria. No total, António Tabico participou em 59 romarias.

Na homenagem que lhe foi prestada, Alexandre Gaudêncio estendeu os elogios aos demais emigrantes. “O senhor António Tabico é um exemplo da pessoa que, sendo natural da ilha, procurou na emigração melhores condições de vida sem nunca esquecer as origens. E, felizmente, temos diversos exemplos de que nos podemos orgulhar, sejam de Ponta Delgada, da Ribeira Grande ou de outros concelhos dos Açores”.

Neste âmbito, a Associação dos Emigrantes Açorianos preparou uma placa evocativa da sua ação, enquanto impulsionador das romarias, que será colocada no mural da Praça do Emigrante.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com