Na sequência do honroso convite do diretor Ferreira Leite, inicio hoje uma colaboração semanal com o Audiência. O tema que vou abordar tem a ver com o desporto amador de alta competição e, nomeadamente, andebol, basquetebol, hóquei em patins e voleibol.

Na verdade, são as modalidades rainhas de pavilhão que semanalmente atraem até si milhares de pessoas. Aqui e ali poderei dar nota de outras como o ciclismo, atletismo e futsal. Porque o espaço é curto vou apenas abordar e dar noticia do escalão sénior masculino. São opções e, nesta coluna assumirei pessoalmente todo o que disser.

Vamos fazer resumidamente um ponto de situação em cada uma delas para contextualizar o que até agora se passou.
No andebol, o campeão ABC que interrompeu uma serie vitoriosa de sete campeonatos ao FCP está a realizar uma época dentro das expectativas e segue no terceiro lugar com uma derrota e dois empates. Acredito que este ano mais uma vez haverá muito equilíbrio. Liderada pelo SLB que tem uma derrota em nove jogos é seguido pelo SCP com uma derrota e um empate. Em quarto lugar segue o FCP com duas derrotas e um empate.

No basquetebol o FCP não começou bem e em seis jogos já tem três derrotas. A classificação é liderada pelo actual campeão SLB que tem seis vitórias em seis jogos. Outro candidato é a Oliveirense com quatro vitórias e uma derrota. Acredito que o campeão sairá destes três clubes e que o equilíbrio será a nota dominante entre si.

No hóquei em patins estão jogadas duas jornadas. O campeão FCP lidera com duas vitórias empatado com os outros candidatos Sporting, Oliveirense e Benfica. Acredito que será luta renhida até ao fim entre estas equipas. Esta semana as equipas portuguesas estiveram envolvidas nas competições europeias de clubes onde é grande a responsabilidade e as expectativas são altas.

No voleibol o campeonato é liderado pelo campeão em título, SLB que tem 24 pontos em nove jogos e com uma derrota, seguido do SCP com 20 pontos em oito jogos e uma derrota, do S.C.Espinho com 18 pontos em oito jogos e duas derrotas. O Castelo da Maia e a Fonte Bastardo seguem com 17 e 16 pontos nos mesmos oito jogos e ambos com duas derrotas.

Nesta modalidade é de saudar o regresso do Sporting ao fim de 22 anos, liderado pelo veterano campeão Miguel Maia que deixou o Espinho com outros três atletas para lutar pelo título de leão ao peito numa equipa treinada pelo ex seleccionador nacional, prof Hugo Silva. Acredito que o título sairá do quarteto formado pelo Benfica, Sporting, Espinho e Fonte Bastardo.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com