A Fábrica Santa Catarina, sediada na Calheta (São Jorge), recebeu uma nova certificação de Qualidade e Segurança Alimentar, a IFS Food 6.1., ascendendo assim ao mais elevado patamar de exigência na Indústria Alimentar.
A conserveira obteve uma classificação de 95,22% nesta certificação.

A norma internacional IFS FOOD 6.1. pretende garantir a qualidade e a segurança alimentar de produtos e de processos, que vão desde a produção até à comercialização. Esta certificação IFS tem um reconhecimento e validação internacional que permite a criação de uma imagem de marca no setor alimentar, capaz de construir a confiança dos clientes e dos consumidores, e também abrir caminho para novas oportunidades de mercado.

Esta certificação é um processo que exige comprometimento da organização, e captação de todos os recursos disponíveis ao nível da qualidade e segurança alimentar, envolvendo recursos humanos e financeiros.

De acordo com nota de imprensa, este é o maior desafio de Santa Catarina. Sendo desenvolvida em segmentos ao longo dos anos, a indústria conserveira teve de adaptar e adotar alterações de ‘layout’ que envolveu grande investimento financeiro, assim como normas e procedimentos que iriam desafiar toda a população fabril.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com