Fernando Tordo regressou, no passado dia 6 de abril, ao Auditório Municipal de Montalegre, dez anos depois de ter inaugurado este espaço, no qual deu um concerto acústico que celebrou 70 anos de vida e 50 de carreira.

“Não posso esquecer que me foi concedida a honra de ser o primeiro a atuar neste auditório. Regressar 10 anos depois e reencontrar amigos queridos com a casa já batida e vivida é maravilhoso. Foi um prazer muito grande. Foi fantástico. Adorei. O meu obrigado a Montalegre”, revelou o cantor.

No mês em que se invoca a “Revolução dos Cravos”, o cantor lembrou Ary dos Santos e deu voz a muitos dos seus escritos, ao musicar e interpretar as suas palavras.

“Sou um fã de Fernando Tordo, sobretudo pela associação que faço, através dele, ao grande poeta, o maior a seguir a Camões, Ary dos Santos. Um homem que deixou um vazio e uma saudade enorme no panorama cultural português. O Fernando Tordo é da minha geração e do tempo da ditadura, ele dava brilho à noite escura. Foi um espetáculo memorável, com muito encanto”, afirmou Orlando Alves, presidente da Câmara Municipal de Montalegre.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com