O Festival da Canção Gaia 2021 é uma iniciativa do Jornal AUDIÊNCIA, que tem como principal objetivo a defesa e a valorização dos cantores, músicos e compositores, que tenham algum tipo de ligação ao concelho de Vila Nova de Gaia.

 

 

“Esta será uma justa, verdadeira, genuína e leal homenagem aos cantores, músicos e compositores de Vila Nova de Gaia”. É assim que Joaquim Ferreira Leite, diretor do Jornal AUDIÊNCIA, caracteriza esta iniciativa, que está a ser organizada “em colaboração e para aqueles que vivem no mundo da música”.

Neste seguimento, o AUDIÊNCIA está a contactar os artistas musicais, que têm algum tipo de ligação ao concelho de Vila Nova de Gaia, com o intuito de obter respostas às questões: “como é do seu conhecimento, o Jornal AUDIÊNCIA pretende organizar o Festival da Canção Gaia 2021, cujas datas estarão, naturalmente, dependentes da evolução da pandemia provocada pela proliferação da covid-19. Na sua opinião, qual é a relevância desta iniciativa?”, ”acredita que uma ideia como esta, num período como este, pode contribuir fortemente para a valorização dos artistas de Gaia?”, “na condição de cantor, músico ou compositor, se dependesse de si, que parâmetros acha que o regulamento deveria conter?”, ”se tiver oportunidade e se regulamento for ao encontro dos seus anseios, pondera participar?”, “quais são as suas expectativas para o Festival da Canção Gaia 2021?”. As declarações vão ser divulgadas ao longo das próximas edições.

 

 

Mundo Segundo

Acho super importante para o desenvolvimento da cidade a nível cultural e, acima de tudo, dar voz a novos talentos emergentes no panorama musical nacional”.
Claro que sim, é uma mais-valia para os artistas da cidade e uma forma de dinamizar a cultura nesta fase tão conturbada das nossas vidas”.

Os artistas de Vila Nova de Gaia deveriam ser avaliados de acordo com os seguintes parâmetros: carisma, originalidade, musicalidade e mensagem”.

“Participar em concursos acho que não se enquadra bem no que procuro, atualmente, para a minha carreira. Acho que é uma iniciativa mais interessante para quem está a dar os primeiros passos numa carreira profissional.

“Que seja um marco para a nossa cidade e que venha a revelar futuros talentos de Vila Nova de Gaia, carregada de jovens artistas cheios de potencial”.

 

 

Noa

“A iniciativa do Jornal AUDIÊNCIA é de extrema relevância, não só para o panorama musical local, como mesmo se torna um exemplo a nível nacional. E porquê? Haver um jornal que fura esta cortina de medo e de ataraxia, que, atualmente, cobre a nossa sociedade, é como uma lufada de ar fresco. Esta iniciativa vem trazer um tónus diferente, mais leve, mais alegre, mais dinâmico não só aos participantes e colaboradores, mas também aos que assistirão a este evento. É de muita importância que esta e novas iniciativas culturais sejam apoiadas”.

 

“Sem dúvida! Acredito que uma iniciativa deste calibre e com esta tradição, em Portugal, vai valorizar qualquer artista em Vila Nova de Gaia. Sendo que a cultura morreu em março, todos os eventos que reacendam o lado cultural, vão dar um novo fôlego aos trabalhadores, mas também vão amaciar o ambiente sorumbático, que se vive, atualmente, devido às restrições “covidianas”. As letras das músicas poderão inclusivamente ser influenciadas por este momento que atravessamos, quem sabe? A música é, por excelência, a arte mais abstrata e, também, por isso mesmo, tem a capacidade de chegar a todos os ouvintes. A música é como um grande guarda-chuva onde cabe toda a gente”.

 

“Parece-me que um Festival da Canção deve valorizar a criatividade e a originalidade. Apesar de vivermos debaixo de padrões fortemente instituídos, sobre o que devemos ouvir, o que devemos ver, ou o que devemos pensar, torna-se urgente haver espaços de criação, onde estas regras sejam enfrentadas. Por isso, um Festival da Canção, na minha opinião, deverá ser pautado pelo rigor, pela originalidade e pela estética musical adequada”.

 

“Com todo o gosto”.

 

“As minhas expectativas são grandes, como de resto, todas as iniciativas culturais que a cidade leva a cabo. Tenho a certeza de que se vão descobrir novos talentos e de que músicas lindíssimas surgirão. Espero que, às melhores, quer sejam vencedoras ou não, seja dado o devido acompanhamento pós-Festival. Isto é, que as músicas continuem mesmo depois do Festival terminar. Muita sorte”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com