O secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, manifestou, aquando de uma reunião com a mesa administrativa da Santa Casa da Misericórdia do Divino Espírito Santo da Maia e a Junta de Freguesia local, a disponibilidade do Governo dos Açores, para avançar com uma nova Unidade de Saúde na Maia, no concelho da Ribeira Grande.

 

 

 

Clélio Meneses, secretário regional da Saúde e Desporto, encontrou-se, recentemente, com a mesa administrativa da Santa Casa da Misericórdia do Divino Espírito Santo da Maia e a Junta de Freguesia local, e referiu que o Governo dos Açores está disponível para avançar com uma nova Unidade de Saúde na Maia.

“Ou a construção de raiz, para a qual existem duas propostas, uma da Santa Casa e outra da Casa do Povo, em termos de terrenos, ou recuperar património, dando-lhe as necessárias condições”, disse o secretário regional, justificando, ainda, a necessidade de consumar a iniciativa, tendo em conta que o atual Posto de Saúde da Maia é exíguo para o universo de 3500 utentes.

Para além da disponibilização de terrenos para a construção de um imóvel de raiz, a Santa Casa da Misericórdia do Divino Espírito Santo da Maia facultou, também o edifício do antigo hospital.

Salientando a importância de ouvir as entidades locais “antes de tomar a decisão”, o secretário regional da Saúde reiterou a ideia de avançar o mais rapidamente possível com a nova unidade, “já que não se justifica que, durante 15 anos, as pessoas vivam neste impasse”.

“É preciso resolver e vamos resolver”, garantiu Clélio Meneses, asseverando que “pretendemos uma solução de equilíbrio entre a dignidade das condições para utentes e profissionais de saúde e os recursos disponíveis”.