Com a chegada da primavera, há uma maior procura de ginásios pelos consumidores. Assim, é importante alertar para os cuidados a ter durante o processo de escolha do ginásio e aquando da efectivação da inscrição.

Normalmente, para dar início à prática de desporto num ginásio, é imposto ao consumidor a assinatura de um contrato. Os contratos de adesão já estão formalizados e as cláusulas são impostas ao consumidor sem que possam ser alteradas ou discutidas.

Aquando da inscrição num ginásio, é importante que consumidor questione directamente a entidade se o contrato implica um período de fidelização, e se não existem outras modalidades de inscrição, que não obriguem a permanência e o pagamento de mensalidade durante um determinado período de tempo.

Os ginásios, por norma, dispõem de modalidades de inscrição alternativas mas com preços mais elevados. A inscrição com fidelização apresenta preços mais aliciantes que a modalidade de inscrição sem fidelização. No entanto, mesmo celebrando um contrato, no qual esteja previsto um período de fidelização, existem circunstâncias que podem justificar a sua desvinculação, sem que o ginásio possa exigir qualquer contrapartida.

No caso de doenças graves e súbitas que impeçam o utente de praticar actividade física, ou uma gravidez de risco e outras situações que sejam alheias à vontade do consumidor são justificações plausíveis para a desvinculação com o ginásio.

Assim, caso decida inscrever-se num ginásio, leia atentamente as condições do contrato antes de assinar, a fim de perceber se a proposta vai de encontro às suas pretensões e como pode pôr termo ao mesmo.

 

Para mais informações contacte a DECO Norte:
Rua da Torrinha 228H, 5º, 4050-610 Porto
deco.norte@deco.pt

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com