A Mercadona vai abrir, no próximo dia 13 de julho, a terceira loja no Porto, desta vez na Freguesia de Lordelo do Ouro, que se assume como sendo uma das mais antigas freguesias da cidade.  Este novo supermercado, que representa a 22ª loja da cadeia em Portugal, situa-se na Rua Diogo Botelho (entrada para o parque de estacionamento pela Rua da Pasteleira, nº 219), e vai criar 65 novos empregos na cidade.

 

 

A nova loja da Mercadona no Porto situa-se na Rua Diogo Botelho (entrada para o parque de estacionamento pela Rua da Pasteleira, nº 219), e vai criar 65 novos empregos na cidade. Com uma área de vendas de 1900 metros quadrados, responderá ao Modelo de Loja Eficiente da empresa, com corredores amplos, que permitem aos “Chefes” (clientes), uma experiência de compra cómoda e segura. Esta loja contará com 240 lugares de estacionamento e 10 lugares destinados ao carregamento de veículos elétricos, indo ao encontro do compromisso da cadeia espanhola para com a mobilidade elétrica.

Este que se assume como sendo o terceiro supermercado da Mercadona na cidade do Porto, mais especificamente na conhecida zona do fluvial, vai doar, desde o próximo dia 13 de julho, data que assinalará a inauguração, bens de primeira necessidade à Obra Diocesana de Promoção Social do Porto.

Para o Padre Manuel Luís Brito, presidente da direção da Obra Diocesana de Promoção Social do Porto afirma, “a atual pandemia veio evidenciar a fragilidade de milhares de pessoas e famílias que viviam no limiar da pobreza. O apoio da Mercadona revela-se de grande importância para a capacidade de resposta da Obra Diocesana de Promoção Social ao número crescente de pedidos de ajuda. Juntos somos mais fortes”.

Por outro lado, Joana Ribeiro, Diretora Regional de Relações Externas do Distrito do Porto, afirmou que “é para nós motivo de grande orgulho abrir uma nova loja no Porto e reforçar assim a nossa presença na cidade, com a abertura desta terceira loja. A Mercadona, no âmbito do seu Plano de Ação Social e à semelhança do que faz em todas as suas lojas, vai colaborar diariamente com a Obra Diocesana de Promoção Social do Porto. Nesta parceria, a Mercadona doa diariamente bens de primeira necessidade de forma a contribuir para a preparação de refeições para um total de 2 mil pessoas em situações muito vulneráveis”.

A cadeira espanhola relembrou, ainda, que, no distrito do Porto, “o apoio da Mercadona já chegou ao Banco Alimentar, a várias delegações da Cruz Vermelha Portuguesa, à Cáritas, à AMI e a outras instituições com as quais também colaboram diariamente desde as 12 lojas abertas no distrito, tais como a SAOM no Porto, a ASAS de Santo Tirso, a Associação para o Desenvolvimento de Figueira de Penafiel, a Casa do Povo de Ermesinde, o Centro Comunitário Vermoim / Sobreiro da Maia, o Centro Social Paroquial de Freamunde, a Cercigaia, o Lar Juvenil dos Carvalhos, a Gondomar Social e o de Lar Sant’Ana em Matosinhos”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com