A Mercadona utiliza paletes de plástico laváveis, reutilizáveis e recicláveis, assim como caixas dobráveis, o que torna o seu modelo de logística cada vez mais sustentável. Estas pequenas alterações permitem reduzir as emissões de CO2, uma vez que se traduzem em menos viagens de camiões, e representam uma redução considerável dos custos que teria a fabricação de material novo. Depois de utilizadas, as paletes e as caixas seguem para o armazém para serem higienizadas e desinfetadas, e em poucos minutos estão prontas para uma nova utilização.

 

 

 

A Mercadona consolidou o seu modelo de logística sustentável, depois de 25 anos de relação com a Logifruit, fornecedor Totaler de logística e pioneiro na introdução de paletes de plástico laváveis, reutilizáveis e recicláveis, assim como as caixas dobráveis utilizadas para a distribuição alimentar em Espanha.

A conversão de caixas rígidas em caixas dobráveis é uma das coisas que a Mercadona alterou e que tem trazido benefícios em toda a cadeia de abastecimento, pois no espaço ocupado anteriormente por uma caixa rígida passaram a ser transportadas três caixas dobráveis, o que fez com que existisse uma redução de 96.710 percursos de camião, resultando num menor consumo de combustíveis e de emissões de CO2 para a atmosfera.

Cada caixa ou palete, após cada ciclo de utilização, regressa ao armazém e entra num processo automatizado de limpeza e desinfeção que garante a sua segurança e higiene, o que faz com que em poucos minutos estejam prontas a serem utilizadas novamente, funcionando assim como um modelo de economia circular. Graças a estas caixas reutilizáveis, é possível economizar mais de 180.000 toneladas por ano em materiais de utilização única.

Em termos de custos, o modelo de reutilização elimina consideravelmente os investimentos da fabricação de um maior número de embalagens, reduzindo custos na gestão, controlo e produção na cadeia de abastecimento, ao mesmo tempo que permite obter preços mais competitivos. Por outro lado, a nível das embalagens, há um incentivo à criação de um modelo padrão e um reforço da higiene, com especial destaque para a Segurança Alimentar. No que diz respeito ao manuseamento, também existem vantagens, pois, desta forma, reduz-se o espaço no armazém graças a uma melhor gestão do stock, reforçando-se ainda a segurança no processo de retirada de embalagens vazias.

“Há muito tempo que apostamos num modelo de logística sustentável que contribua para reduzir o impacto ambiental da nossa atividade. Após todos estes anos de colaboração com a Logifruit na implementação destas caixas e paletes, seguindo os princípios da Economia Circular e da eficiência,  estamos cada vez mais convencidos da necessidade de continuar a cuidar do planeta e de promover iniciativas e modelos sustentáveis ​​como o da Logifruit, que também garante a segurança alimentar das embalagens, a ergonomia e a eficiência no transporte”, disse Margarita Muñoz, diretora de Responsabilidade Social da Mercadona.

Consciente de que há muito trabalho pela frente nestas questões da reciclagem e da economia circular, a Mercadona irá destinar mais de 140 milhões de euros até 2025 para reduzir o plástico e gerir os seus resíduos através da sua Estratégia 6.25.

A Estratégia 6.25 é outro exemplo da preocupação ambiental da empresa, uma vez que foi definida para cumprir um triplo objetivo em 2025: reduzir 25 % do plástico, que todas as embalagens sejam recicláveis e ainda reciclar todos os resíduos. Em Portugal, em março de 2020, a Mercadona juntou-se à Smart Waste Portugal para promover a Economia Circular no país, tendo aderido também ao Pacto Português para os Plásticos.

A empresa tem outras preocupações e lutas, nomeadamente na questão da responsabilidade social e é como parte desta política que a Mercadona colabora com mais de 290 cantinas sociais, 60 bancos alimentares e outras entidades sociais em Portugal e Espanha.Só em 2020, a empresa doou a todas estas entidades e organizações um total de 17.000 toneladas de alimentos, 15.800 em Espanha e 1.200 em Portugal.

Pensando também na mobilidade sustentável dos clientes, a empresa dispõe de 1.350 lugares de estacionamento com pontos de carregamento para veículos elétricos, colocados nos estacionamentos em mais de 500 lojas.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com