Nuno Alves é um jovem músico natural de Paços de Ferreira e “Adamastor” é o seu segundo álbum de originais, depois de “Dois lados de uma caixa de cartão”, que alcançou mais de 1,5 milhões de streams online. “Adamastor” resulta de uma simbiose entre a escrita e composição do cantor Nuno Alves e do produtor Paulo Pires.

No texto de apresentação do álbum pode ler-se: “Um clamor sempre nos perseguiu. Passaram anos, repetiram- se hábitos, cumpriram-se regras e estabeleceram-se rotinas mas sempre existiu uma voz com uma força e um impulso invulgares… Sem clarão que o guiasse, acabou por se deixar aprisionar e adormeceu. Um dia um rugido intenso dessa voz entoou num sopro profundo que o fez acordar!”

O processo de escrita e produção prolongou-se pelos dois últimos anos e, desse esforço, resultou o primeiro single “Adamastor”, que dá cara a todo o trabalho e que saiu a público a 12 de fevereiro. Mensalmente, e ao longo do ano de 2021, os outros temas serão revelados e todos eles serão acompanhados por videoclipe, sendo que são sete as faixas que compõem o disco do cantor. O novo trabalho de Nuno Alves segue uma linha um pouco diferente, mas na qual o autor se revê mais e que acredita ser a “nova versão de si”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com