A Câmara Municipal da Ribeira Grande assinou um protocolo com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Ribeira Grande no valor de 130 mil euros, destinado a apoiar o plano anual de atividades daquela instituição.

 

 

Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara de Ribeira Grande acredita que os “bombeiros merecem reconhecimento pelo trabalho que desempenham diariamente”. “É por isso que todos os anos temos vindo a apoiar financeiramente a sua associação, para que possam desempenhar as suas funções da melhor forma”, acrescentou.

O autarca não perdeu a oportunidade para referir o regulamento de benefícios sociais aos bombeiros está neste momento em discussão pública, para que seja revisto e sejam dadas aos mesmos as melhores condições possíveis. Nos novos benefícios, está incluída a isenção do pagamento do IMI, a redução de taxas de licenciamento na área do urbanismo e descontos, e até mesmo isenções de custo, no acesso a espaços culturais do município.

A cerimónia contou com a presença o vice-presidente da Câmara, Carlos Anselmo, e o vereador com os pelouros da Cultura, Juventude e Desporto, José António Garcia. Em representação dos Bombeiros Voluntários da Ribeira Grande esteve o respetivo presidente, Norberto Gaudêncio, e o comandante José Nuno Moniz.