O Sporting venceu, pelo segundo ano consecutivo, a Taça de Portugal em futsal, num duelo histórico com o Benfica, que decorreu a 31 de março no Pavilhão Multiusos de Gondomar.

Depois de baterem o Burinhosa e o Fundão, respetivamente, Sporting e Benfica voltaram a defrontar-se num encontro onde os “verdes e brancos” até começaram a perder, com uma perda de bola de Pedro Cary que Marc Tolrà aproveitou para inaugurar o marcador.

Aos 9’, Robinho aumentou a vantagem e as coisas começavam a dificultar-se para o tricampeão nacional. Contudo, aos 11’, Dieguinho reduziu o marcador e Merlim ainda acertou com a bola no ferro antes de os encarnados aumentarem a vantagem para 3-1. Até ao intervalo, Cardinal voltou a reduzir para o Sporting e Pany Varela falhou o empate ao acertar com uma bola no poste.

A segunda parte começou da melhor maneira para os leões, que deram a volta ao resultado nos primeiros quatro minutos. Mas a vantagem não durou muito e Roncaglio voltaria a colocar tudo empatado. Sem qualquer alteração no marcador, o jogo seguiu para prolongamento, e o Benfica acabaria por conseguir o 4-5 através de um golo de Fernandinho, que acabaria por perder efeito, já que Henmi fez autogolo e voltou a colocar o jogo empatado.

Os últimos minutos da partida mostraram duas equipas bastante cautelosas e sem querer cometer erros e falhas defensivas, pelo que tudo seria decidido nas grandes penalidades, onde o Sporting foi mais forte e venceu a sétima Taça de Portugal do seu palmarés e o primeiro título da temporada.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com