Com 200 ecopontos distribuídos por todo o Concelho, a Trofa continua a consolidar-se como um dos municípios portugueses com melhor rácio de ecopontos por habitante. Numa aposta contínua em envolver a comunidade na temática ambiental, a Câmara Municipal aposta na sensibilização para a reciclagem, ação cívica que, segundo a Resinorte, aumentou 16% no ano transato face a 2019.

 

 

A defesa dos valores da proteção ambiental, englobando os munícipes numa estratégia coletiva de boas práticas, em prol do desenvolvimento sustentável do município tem sido uma aposta da Câmara Municipal da Trofa.

Atualmente, e depois de um apetrechamento com duas dezenas de equipamentos em 2020, por parte da autarquia, em parceria com a Trofáguas e a Resinorte, os trofenses dispõem de um ecoponto por cada 199 habitantes.

Assumindo a temática ambiental como uma responsabilidade de todos, o município tem apostado na envolvência da comunidade em ações cívicas, como é o caso da reciclagem. Segundo dados da Resinorte, em 2020 a recolha de resíduos recicláveis a nível nacional aumentou 16%, em comparação como o ano de 2019.

Neste seguimento, Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal da Trofa, destacou que “o empenho e a dedicação de todos nós, na preservação do meio ambiente, há muito que se assume como uma responsabilidade cívica. Obviamente que as autarquias têm de fazer o seu papel nesta temática e uma das suas missões tem de ser a de estimular os munícipes a envolverem-se na causa ambiental e a cumprirem esse dever. A Trofa assume-se como um dos municípios do país com melhor rácio de ecopontos por habitante e isso dá-nos uma oportunidade acrescida de cumprir com a separação seletiva. Em paralelo, temos desenvolvido ações de sensibilização ambiental, com o objetivo de mobilização comportamental para a redução de resíduos sólidos e seu correto encaminhamento para a valorização”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com