O tradicional passeio anual sénior reuniu 770 idosos da União de Freguesias, com o objetivo de lhes proporcionar um dia diferente. Os autocarros partiram por volta das 8h30 das freguesias de Gulpilhares e de Valadares com destino à área de serviço da Mealhada e de Pombal, respetivamente, para uma primeira paragem. Os participantes do passeio anual sénior tomaram o pequeno-almoço e, depois, seguiram para o Santuário de Fátima, onde tiveram algum tempo livre para explorar o local, para conviver ou para descansar.

Após a paragem no Santuário, os seniores rumaram até à Quinta Dom Nuno, onde os esperava um banquete e uma grande tarde de fraternização e animação. O almoço foi servido e, depois, os seniores começaram a explorar a Quinta. Enquanto uns aproveitaram os espaços verdejantes, que envolviam um lago com queda de água e uma piscina, para conversar, outros aderiram ao momento dançante, que se prolongou até à hora do lanche. Finda a merenda, os 770 seniores de Gulpilhares e Valadares regressaram a Vila Nova de Gaia.

Alcino Lopes, presidente da Junta de Freguesia de Gulpilhares e Valadares, revelou ao AUDIÊNCIA que “este passeio é importante porque é o único dia do ano em que muitas famílias e muitos amigos se cruzam. Esta junção de freguesias não foi muito turbulenta porque, de facto, Gulpilhares sempre teve uma relação, até de trabalho, com Valadares e existem muitas pessoas que, com o tempo, deixaram de se cruzar e de frequentar determinados meios, por isso, este é um encontrar de gente que se vê de longe-a-longe e mesmo que nem todos gostem de dançar, gostam de desfrutar. Portanto, este é um dia de convívio em que as pessoas se aproximam de amizades antigas e é um dia de encontros e de algumas emoções”.

 

 

Elisa Cidade, vereadora da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, mencionou ao AUDIÊNCIA que este passeio da terceira idade é muito importante a nível social, porque é “um dia de convívio e de encontro, pois alguns deles só se encontram uma vez por ano. No fundo, este é o dia deles e é o dia em que as Juntas de Freguesia param para agradecer tudo aquilo que eles fizeram por nós e tudo aquilo que eles fazem pelos netos e pelos filhos durante todo o ano. Portanto é um dia de convívio e é um dia de alegria”.

Segundo a vereadora da Câmara Municipal de Gaia, a autarquia financiou, pela primeira vez este ano, através de um protocolo, os passeios da terceira idade organizados pelas Juntas de Freguesia com 25% do valor investido nos mesmos. “Nós fizemos isto durante este mandato porque conseguimos, nos últimos 4 anos, colocar as contas da Câmara em ordem, por isso foi possível dar um novo passo e o senhor presidente da Câmara achou que esta era uma forma de ajudar, também, as freguesias”, afirmou Elisa Cidade.

O presidente da Junta de Freguesia de Gulpilhares e Valadares destacou, a este propósito, que o executivo investiu, neste passeio, cerca de 20 mil euros e que a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia subsidiou 25% desse valor. “Os 5 mil euros atribuídos pela Câmara Municipal de Gaia são importantes para nós e o senhor presidente da Câmara, uma vez que já foi presidente de Junta, tem a perceção que, de facto, este dia não pode acabar. Aliás, nenhum presidente de Junta de Freguesia tem coragem de acabar com o passeio da terceira idade, porque as pessoas gostam e para elas que nós cá estamos”, acrescentou.

Alcino Lopes enalteceu ainda que a Junta de Freguesia de Gulpilhares e Valadares faz parte do Mês do Idoso, em parceria com a Câmara Municipal de Gaia e salientou o programa social, implementado em colaboração com a autarquia, “em que ela nos despende dinheiro para ajudarmos as famílias carenciadas. Este é um projeto muito alargado, que funciona com cada vez mais exigências e no qual nós temos uma atividade permanente de apoio que não é só à terceira idade, mas a todas as pessoas que têm problemas sociais. Por exemplo, nós temos uma iniciativa muito interessante através da qual oferecemos, todos os meses, um passeio a Fátima”.