O Concurso Lusófono da Trofa – Prémio Matilde Rosa Araújo está de volta, com o objetivo de promover obras de literatura infantil, dando a conhecer novos autores e ilustradores. Esta iniciativa é organizada pela Câmara Municipal da Trofa, com o apoio do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., com o intuito de defender e consolidar a língua portuguesa como expressão universal da cultura lusófona.

Segundo a Câmara Municipal da Trofa, este concurso literário internacional, que aposta na promoção e na salvaguarda da literatura infantil, volta a ser organizado pelo pelouro da Cultura e fomenta o gosto pela leitura e estimula o espírito de iniciativa, ao mesmo tempo que desenvolve e incentiva a escrita criativa e a ilustração na literatura infantil, estende-se a todos os países de língua oficial portuguesa. O certame visa, ainda, divulgar autores lusófonos, nomeadamente de Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor.

O Concurso Lusófono da Trofa é aberto a todos os cidadãos dos países de língua oficial portuguesa e ainda a cidadãos naturalizados e estrangeiros, cuja situação de permanência no país esteja devidamente legalizada e com residência comprovada há mais de dois anos.

A edição de 2021 destaca-se por algumas novidades, face às edições anteriores. Este ano, podem participar autores com ou sem livros publicados e passam a existir, apenas, dois prémios, nomeadamente o Prémio Matilde Rosa Araújo, para o melhor conto, no valor de 2500 euros, e o Prémio Ilustração, para a melhor ilustração, no valor de 2 mil euros. Para efeito de publicação, o vencedor do Prémio “Melhor ilustração” ilustrará o conto vencedor do Prémio “Matilde Rosa Araújo”.

As obras a concurso devem ser entregues em mão na Casa da Cultura da Trofa, até às 18 horas, do dia 31 de maio, ou via correio, através de carta registada, com aviso de receção, ou, ainda, no caso de quem está num país da CPLP, para o Centro Cultural Português do respetivo país, conforme consta no regulamento.

A Trofa prepara-se, desta forma, para galardoar mais um conto infantil inédito, escrito em português, que irá, assim, juntar-se aos livros infantis, que já foram editados pela Câmara Municipal da Trofa, no âmbito deste Concurso, que já é considerado uma das iniciativas de maior destaque no calendário cultural do município e uma referência internacional na área da literatura infantil e da criação e expressão literária em português.

A cerimónia de entrega de prémios será realizada em data, hora e local a anunciar pela organização, através dos canais oficias de comunicação.