O Grupo Cerealis concluiu agora um investimento que superou os 7 milhões de euros, depois de ter iniciado um ciclo contínuo de investimentos na fábrica de cereais de pequeno-almoço da Trofa, em 2004, que conduziu à ampliação da fábrica, à automatização do final das linhas de embalamento de cereais e à instalação de uma linha de barras de cereais.

O momento foi marcado, no passado dia 27 de julho, com uma cerimónia que contou com a presença de Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal da Trofa, acompanhado pelo vice-presidente e pela equipa da vereação, assim como pelo Dr. Gonçalo Salazar Leite da Seil e pelo Engenheiro João Lobo da De Heus.

Rui Amorim de Sousa, CEO do Grupo Cerealis, referiu que “este é mais um passo que damos no desenvolvimento deste nosso centro de produção da Trofa, ampliando-o, reforçando a sua automatização e produtividade e, lançando-nos na produção e comercialização de uma categoria de produto complementar aos cereais de pequeno-almoço (barras de cereais), contribuindo assim, e uma vez mais, para a redução da dependência das importações dos nossos clientes em Portugal”.

“A ampliação desta fábrica só foi possível graças às excelentes relações que temos com os nossos vizinhos da Secil, da De Heus, assim como com o apoio da Câmara Municipal da Trofa”, concluiu o CEO do Grupo Cerealis.

Segundo a Cerealis, “agora, com cinco linhas de produção, depois da instalação da moderna linha de barras de cerais, o centro de produção da Trofa tem uma capacidade de produção próxima das 90 toneladas por dia, tendo agora os seus finais de linha totalmente automatizados. Ainda incluído neste centro de produção, a Cerealis tem um armazém automatizado com uma capacidade superior a 10 mil paletes”.

A Cerealis vai desenvolver, com a nova linha de barras de cereais equipada pela marca Buhler, um vasto portefólio de produtos da sua marca Nacional, com uma gama de barras de cereais, e vai “contribuir para a redução das importações desta categoria de produtos”.