A Câmara Municipal de Gaia assumiu, desde outubro de 2020, o custo referente à assinatura mensal do passe Andante sub-23. Esta medida abrange os estudantes do Ensino Superior até aos 23 anos e estudantes matriculados nos cursos de Medicina e Arquitetura até aos 24 anos.

 

A medida de apoio implementada pela Câmara Municipal de Gaia, em 2020, custou, até ao momento, cerca de 3.7 milhões de euros. Beneficiam desta iniciativa cerca de 10 mil jovens – 4.975 alunos pertencentes ao passe sub-23, um investimento de cerca de 2,4 milhões de euros e 5.184 alunos dos 4 aos 18 anos, um custo aproximado de 1.3 milhões de euros.

 

Recentemente, a autarquia gaiense avançou com o passe gratuito para estudantes com incapacidade igual ou superior a 60%, que residam no concelho. Esta medida entrará em vigor no próximo mês de setembro e para aderir basta apresentar um atestado médico comprovativo da referida condição.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, considera que “estas medidas, inovadoras a nível nacional, são um claro contributo que o Município de Gaia dá às famílias gaienses para que os anos letivos dos nossos estudantes corram com tranquilidade, sem esta preocupação financeira a pesar na gestão diária.”