A empresa melhorou as características das suas maioneses, para satisfação dos seus clientes. No caminho para um planeta mais sustentável, a Mercadona aplica em cada vez mais produtos a Estratégia 6.25, reduzindo, dessa forma, 900 toneladas de plástico utilizado nas suas embalagens.  

 

 

A Mercadona revelou que as receitas de maioneses da sua marca, Hacendado, foram melhoradas aos níveis de sabor, textura, adicionando aromas naturais, melhorando, assim, a sua qualidade. A par com esta inovação chegam também novas embalagens com o intuito de reduzir, ao máximo, o plástico, passando este produto a ser comercializado em embalagens de vidro.

O plástico contido na etiqueta também foi eliminado, passando a ser de papel e o da caixa expositora, é agora de cartão. Com esta redução de plástico, a Mercadona poupa 900 toneladas de plástico por ano.

Estes objetivos são alcançados com o apoio da Estratégia 6.25, que consiste em promover o consumo consciente e crítico, que se rege por critérios sociais e ambientais, e que tem em vista um objetivo claro, o de garantir um consumo de produtos da máxima qualidade com o menor impacto ambiental possível. Num futuro próximo, a Mercadona irá investir neste projeto mais de 140 milhões de euros.

A empresa já eliminou sacos de plástico em todas as secções das suas lojas, tenso sido substituídos por sacos compostáveis, reduzindo assim 3200 toneladas de plástico, e, continuam no processo de renovar todas as suas embalagens nesse sentido. Ainda na nota divulgada, foi referido o compromisso de converter todos os seus supermercados em Lojas 6.25 em menos de um ano. Para já, o sistema de gestão de resíduos foi aprimorado e ampliado com a recolha de cápsulas de café.