Pela primeira vez, o município da Ribeira Grande conquistou o galardão Município Amigo do Desporto. De acordo com o vereador desta área, Filipe Jorge, este é um reconhecimento público pelo trabalho que tem sido desenvolvido no concelho.

Entre as iniciativas desenvolvidas pela Câmara Municipal da Ribeira Grande no Desporto, estão as aulas gratuitas de hidroginástica aos idosos que frequentam os centros de dia, a hipoterapia para crianças com deficiência, a utilização gratuita das instalações desportivas do concelho por parte dos clubes federados ou grupos informais, a parceria com o Centro Municipal de Marcha e Corrida e a introdução da prática de padel no concelho. Além disto, merecem destaque os apoios e investimentos que a autarquia está a fazer na área.

O Audiência esteve à conversa com Filipe Jorge, que não só falou sobre a atribuição do galardão, como da situação desportiva da Ribeira Grande e dos planos do município para o futuro.

O prémio Município Amigo do Desporto é uma iniciativa da APOGESD (Associação Portuguesa de Gestão de Desporto) e foi entregue em Rio Maior no passado dia 30 de novembro.

Qual é o sentimento de receber este Galardão?
Acima de tudo é um sentimento de satisfação. É um reconhecimento público pela implementação da prática desportiva federada e não federada no concelho da Ribeira Grande. Penso que podemos estar todos satisfeitos por este reconhecimento nacional.

A ribeira grande tem apostado muito no desporto.
Sim. Nós podemos aqui diferenciar: não só nas infraestruturas desportivas, mas também nos apoios que atribuímos às associações e entidades desportivas de uma forma geral. É sabido que temos vindo a apostar nas novas instalações desportivas (já foram criados três pavilhões na zona nascente do concelho, uma zona com poucas instalações a nível do desporto), e a verdade é que têm sido criados novos clubes. Além disso, são os apoios que estão ao dispor dos clubes federados do concelho da Ribeira Grande: não só a nível do regulamento do apoio ao desporto, mas também a inovação ao nível dos contratos-programa que temos feito com várias associações que tutelam diversas modalidades através do apoio ao pagamento das inscrições e filiações dos atletas desses clubes. Para além disso, temos também concretizado e apoiado algumas entidades desportivas que organizam determinados eventos aqui na Ribeira Grande.

Qual é a importância de dar esse apoio às associações?
Acima de tudo as associações não têm fins lucrativos, portanto, todos os seus dirigentes trabalham em prol do desporto da Ribeira Grande e em prol das crianças e jovens que têm a cargo na questão da prática desportiva dos seus clubes. Estes apoios são deveras importantes para os clubes, não só os apoios que são dados para a concretização dos seus planos anuais de atividade, mas também, como já referi, o apoio ao nível das filiações, que também os liberta deste pagamento ao nível das inscrições das suas associações desportivas.

O que é que podemos esperar ainda do desporto na Ribeira Grande?
O que queremos é que haja um aumento do número de praticantes nas várias modalidades que hoje em dia se encontram no concelho da Ribeira Grande. Penso que é muito importante para as crianças terem uma série de modalidades ao seu dispor para que possam praticar aquela que mais gostam. Ao nível das infraestruturas desportivas, há algumas que vão ser melhoradas para que os grupos possam ter mais condições. No próximo orçamento, temos planeada a construção do novo campo de futebol do Clube Desportivo Rabo de Peixe, mas também investir na cobertura do Estádio Municipal.

São esses os dois projetos que têm em mãos?
Em termos de infraestruturas, sim. O campo de Rabo de Peixe é o grande projeto. Estamos a falar de um clube que já movimenta cerca de 300 atletas, não só no futebol como no futsal, mas que agora também estão a abrir uma valência no andebol. Quanto ao estádio, neste momento contempla dois clubes (Sporting Club Ideal e Benfica Águia Sport) e dá apoio a grupos informais, nomeadamente através do campo de futebol de 5. Acima de tudo queremos, ao nível dos eventos desportivos, manter aqueles que são referência no concelho. Estou a falar, por exemplo, do Eco Trail Run, que já é uma prova do calendário nacional. No ano passado tivemos cerca de 500 atletas vindos de outras ilhas a nível nacional e também do estrangeiro. Esta prova é uma marca para que possamos transmitir as nossas belezas e os nossos trilhos.

A Ribeira Grande é um concelho em ascensão, da qual faz parte o desporto.
Sem dúvida. Temos vindo a verificar um aumento significativo do número de clubes e das modalidades que estão ao dispor da população, mas isso também faz com que haja uma nova responsabilidade para a autarquia, para que possa acompanhar esta evolução dos novos clubes que estão a abrir, dos que estão abertos mas cujo número de praticantes está aumentar, e também dos clubes que estão a receber outras modalidades. Isso faz com que o desporto nunca possa estar parado ao nível de infraestruturas e do reconhecimento por parte dos clubes. Acima de tudo, queremos aumentar a taxa de ocupação não só no desporto federado, mas também criando hábitos e estilos de vida saudáveis na população.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com