Para auscultar as preocupações dos diversos setores da atividade económica ribeiragrandense, Alexandre Gaudêncio iniciou uma série de visitas para poder contactar com os empresários locais.

 

Num momento em que o comércio e produtores locais estão a retomar a atividade e a reabilitarem-se das perdas provocadas pela pandemia causada pela COVID-19, o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande começou por visitar o setor das pescas, em Rabo de Peixe, acompanhado pelo restante executivo camarário e pelo presidente da Junta de Freguesia de Rabo de Peixe, Jaime Vieira.

“Neste setor deparamo-nos com a preocupação dos empresários com as perdas de rendimento devido à COVID-19, verificando-se uma queda abruta nas vendas para a área da restauração”, assinalou o autarca, que diz ter encontrado alguns sinais de retoma, principalmente no que diz respeito à procura por parte dos clientes particulares, embora “de forma muito ténue”.

Segundo Alexandre Gaudêncio, “as empresas ligadas a este setor estimam voltar aos números de 2019 apenas dentro de dois anos, isto se a situação da pandemia continuar a evoluir favoravelmente”.

Tendo acompanhado também a chegada de algumas embarcações de pesca ao porto de Rabo de Peixe, registou por parte dos pescadores a “perda de rendimentos e as dificuldades em manter os compromissos financeiros”.

Enquadrada nas comemorações do 39.º aniversário de elevação da Ribeira Grande a cidade, esta iniciativa de proximidade e contato com as gentes locais numa altura difícil para todos, tem o lema “Ribeira Grande: orgulho no presente rumo ao futuro”, e vai contemplar também as áreas da agricultura, serviços e ação social.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com