O fotógrafo do antigo presidente norte-americano Barack Obana, Pete Souza, neto de açorianos, visitou os Açores de 22 a 28 de abril para apresentar os seus dois livros, tendo passado pelo Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, na Ribeira Grande, a 23 de abril.

Pete Souza é um fotógrafo açor-descendente nascido em Massachussets, nos Estados Unidos da América. A ligação com os Açores prende-se pelo facto dos seus avós serem oriundos do concelho da Ribeira Grande.

O fotógrafo desempenhou funções de diretor do gabinete de fotografia da Casa Branca durante as presidências de Ronald Raegan e Barack Obama, sendo que foi convidado para ser o fotógrafo oficial deste último.

Atualmente é fotógrafo freelancer em Washington DC, professor na Universidade de Ohio e conhecido pelo seu trabalho ter impacto quer na política, sociedade, cultura e comunicação social, tal como foi proferido durante a apresentação dos seus livros no Arquipélago.

“Obama: An Intimate Portrait” e “Shade: A Tale of Two Presidents” são os livros que contam com a autoria de Pete Souza e que foram apresentados em São Miguel, no Pico e na Terceira. O primeiro mostra as fotografias que marcaram os momentos mais importantes de Obama e o segundo conta a história do antigo presidente norte-americano e do atual, através de imagens de Obama e ‘tweets’ de Donald Trump, tendo como objetivo comparar as governações de ambos os presidentes.

Durante a presença de Pete Souza no Arquipélago, foi possível saber as histórias por trás de muitas das fotografias mais conhecidas de Barack Obama, inclusive fotografias de índole pessoal, tiradas em família. O fotógrafo fez breves explicações acerca das circunstâncias em que muitos dos registos foram feitos, fazendo alusão ao momento em que o avião presidencial aterrou na ilha Terceira para abastecer e Barack Obama quis sair e conhecer, dentro dos possíveis, o arquipélago de onde o seu fotógrafo tinha origens.

Pete Souza admitiu, no decorrer da apresentação dos seus livros no Arquipélago, que não seria fotógrafo do atual presidente dos Estados Unidos da América, afirmando que a governação que faz ao país não é a melhor e discordando também das políticas de administração de Donald Trump, o presidente considerado mais controverso dos últimos anos.

No final da sua passagem pela Ribeira Grande foi questionado pelo AUDIÊNCIA sobre o que queria fazer no futuro. Pete Souza afirma que há muito a fazer durante a sua passagem pelos Açores, e que há muitas “potenciais histórias por ser contadas” que deseja explorar para trabalhar um dia mais tarde.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com