A Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, com o apoio da Associação Street`s Soul, Projeto Escolhe Vilar, Junta de Freguesia de Vilar de Andorinho entre outros parceiros, assinalou o Dia Mundial da Diversidade Cultural.

Afeganistão, Angola, Bangladesh, Brasil, Cabo Verde, China, Congo, Equador, Guiné, Índia, Japão, Portugal, Marrocos, Moldávia, Rússia, São Tomé, Senegal e Ucrânia fizeram-se representar nesta Rota Intercultural que decorreu no dia 21 de Maio, das 10 às 17 horas no Centro Cívico de Vila Nova de Gaia.

A mostra cultural, danças Internacionais, gastronomia e desfile Intercultural estiveram bem patentes nesta festa sem fronteiras.

Não me chames estrangeiro

Não me chames estrangeiro, só porque nasci muito longe
Ou porque tem outro nome essa terra donde venho.

Não me chames estrangeiro porque foi diferente o seio
Ou porque ouvi na infância outros contos noutras línguas.

Não me chames estrangeiro se o amor de uma mãe
Tivemos a mesma luz nesse canto e nesse beijo
Com que nos sonham iguais nossas mães contra o seu peito.

Não me chames estrangeiro, nem perguntes donde venho;
É melhor saber onde vamos e onde nos leva o tempo.

Não me chames estrangeiro; teu trigo é como o meu trigo,
Tua mão é como a minha, o teu fogo como o meu fogo,
E a fome nunca avisa: vive a mudar de dono.
(…)
Não me chames estrangeiro; olha-me nos olhos
Muito para lá do ódio, do egoísmo e do medo,
E verá que sou homem, não posso ser estrangeiro”.

Rafael Amor
ACIDI- Alto Comissariado para a Imigração e Dialogo Intercultural

Álvaro Bastos.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com