This is Us (Estes somos nós) é uma série de televisão americana criada por Dan Fogelman e transmitida pela emissora NBC desde 20 de setembro de 2016, cuja primeira temporada conta com 18 episódios. A série que passa na RTP 1, atualmente, “segue um grupo de pessoas únicas e as formas como os seus caminhos cruzam e histórias de vida se cruzam maneiras inesperadas: desde partilharem o mesmo dia de aniversário a muito mais, formas impensáveis”.

Crônica da relação de um grupo de pessoas que nasceram no mesmo dia. Rebecca e Jack são um casal esperando trigêmeos em Pittsburgh, Kevin é um belo ator de televisão que está cansado de fazer papéis superficiais, Kate é uma mulher obesa que vive uma eterna luta para perder peso e Randall reencontra seu pai biológico que o abandonou quando ele era apenas um bebê recém-nascido.

Sem os crimes e a violência que as series norte-americanas nos tem, habituado, a ação desta, caracteriza-se pela fragilidade das personagens e pela constante luta de compreender um sentido de vida partilhado por três irmãos de um berço comum com destinos diferentes.

Um gasto livro de cor amarelada, livro de poemas de Dudley Randall, entregue por W. Hill (alias Shakespeare), personagem da elogiada serie, como única herança ao seu filho abandonado às portas dum quartel de bombeiros, é uma homenagem literária e conceptual às lutas pelos direitos civis dos afrodescendentes. Dudley Randall (1914-2000) foi um poeta afro-americano e editor de poesia de Detroit, Michigan . Fundou uma editora pioneira chamada Broadside Press em 1965, que publicou os grandes escritores afro-americanos, entre eles Melvin Tolson, Sonia Sanchez , Audre Lorde , Gwendolyn Brooks , Etheridge Knight , Margaret Walker e outros.

O seu poema mais conhecido, The Ballad of Birmingham , foi escrito em resposta ao atentado a bomba da Igreja Batista da 16th Street em Birmingham, Alabama , em 1963 , no qual quatro meninas morreram A poesia de Randall é caracterizada pela simplicidade, pelo realismo e pelo que o crítico Mark V. Waters, chamou de “estética da libertação”.

Outros dos seus poemas mais conhecidos incluem “A Poet is not a Jukebox”, “Booker T. and WEB” e “The Profile on the Pillow”. “A balada de Birmingham”, descreve de forma intensa, o irónico desenlace da passividade, quando uma mãe perde sua filha ao proibir-lhe de marchar e obrigá-la a ir a igreja para mais tarde morrer num atentado. Como editor da Broadside Press, Randall jogou um papel importante do Black Arts Movement (BAM). A contrapartida estética do impulso político inerente ao movimento do poder negro, BAM rejeitou a aceitação em favor da liberdade artística e política. A parte da doutrina dos movimentos era uma crença na necessidade da defesa pessoal armada militante e da beleza e da bondade da negritude.

A origem deste movimento data de março de 1965, dois meses após o assassinato de Malcolm X , LeRoi Jones (mais tarde Amiri Baraka) mudou-se para Harlem, e foi ele quem cunhou a frase “Artes Negras”. O movimento tinha três grandes forças: o Movimento de Ação Revolucionária (RAM) , a Nação do Islã e a organização dos EUA (o “nós” usado em oposição a “eles”).

“Os poetas do BAM ficaram conhecidos por um uso inovador da linguagem, particularmente com foco na oralidade e no uso do inglês negro, música e desempenho para uma “experiência negra” encorpada e autêntica que rejeitou os padrões literários brancos”. (in Waters, Mark V. “Dudley Randall e a estética da libertação: enfrentando a política da” negritude “. CLA Journal 44.1 (setembro de 2000): 111-132. Rpt. em Poetry Criticism , Vol. 86. Detroit: Gale, 2008. Centro de Recursos de Literatura . Rede. 28 de outubro de 2015) …”A mãe sorria ao pensar que a sua filha/ Estava no lugar sagrado,/Mas esse sorriso seria o último sorriso/Porque quando ouviu a explosão,/Seus olhos ficaram húmidos e selvagens/Correu pelas ruas de Birmingham chamando pela filha./Cavou no vidro e na pedra,/E achou um sapato. /“Aqui está o sapato da minha bebé,/Mas, onde estás, tu filha?

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com