A dupla formada pelo matosinhense Serafim Gonçalves, velejador que representa o Clube Naval Povoense (Póvoa de Varzim) e o seu amigo galego, Rafael Campelo, que representa habitualmente o Real Clube de Mar de Aguete (Pontevedra), sagrou-se vencedora do Laser Extrens, prova de resistência disputada na ria de Vigo, por iniciativa do Liceo Marítimo de Bouzas perante uma participação de 20 equipas de dois elementos.

A competição ficou marcada por um vento bastante irregular, que soprou muito fraco de início, para terminar sob uma pressão considerada bastante forte e isso acabou por criar aos participantes inúmeras dificuldades. Na prova em questão, que teve a duração de “4 horas” os dois experientes velejadores alcançaram uma vitória folgada, à frente da dupla Iago Carballo/Jaime Acebal (LM Bouzas e CM/Oza), que foram segundos, enquanto o terceiro patamar do pódio pertenceu aos anfitriões Carlos Mayo e Juan Pazo.

Mas, o espírito competitivo de Serafim Gonçalves não ficou por aqui, já que o laserista do clube poveiro foi um dos 26 tripulantes dos barcos da classe “laser” que responderam à chamada para o tradicional Troféu Martin Barreiro, um dos eventos mais prestigiados do clube organizador, o Clube Náutico de Vigo.

No entanto, também aqui, a falta de vento foi a maior dor de cabeça para velejadores e  membros do júri, que se limitaram a validar apenas duas das seis regatas agendadas e esse fenómeno foi o principal adversário de Gonçalves, cuja compleição atlética dá sempre resposta mais convincente nas regatas mais exigentes.

Talvez por isso, Serafim Gonçalves não foi além do 8.º lugar, com 15 pontos de penalização, numa tabela liderada por Javier Isidro, do Náutico de Portosin (2 pontos), seguido de Rafa Campelo (RCM Aguete), com quatro, e Miguel Reboreda (Náutico de Portosim), com oito.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com