O festival internacional de artes, Azores Fringe, apresentou programação artística em todas as ilhas dos Açores de 25 de maio a 1 de julho 2018, nesta que foi a sua sexta edição. Sendo assim, a ilha do Faial também contou com um cheirinho Fringe, movimento internacional que acontece em mais de 250 cidades do planeta.

Em destaque no programa houve o Horta a Pé, uma caminhada pela cidade, de um outro ponto de vista, pensando e falando culturalmente. O encontro ocorreu na loja Our Island, localizada na Rua Serpa Pinto 32, na terça-feira, 29 de maio.

Na quarta-feira, 30 de maio, pelas 21h30, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça houve noite de shorts@fringe com apresentação da sessão “Around the World” – curtas dos quatro cantos do mundo e apresentação especial da curta “Os Fotógrafos do Vulcão”, de Mar Navarro Llombart, vencedora do concurso multimédia Vulcão dos Capelinhos. “É uma homenagem àqueles homens e mulheres que com as suas instantânias ajudaram o fenómeno a dar a volta ao mundo e a permanecer para sempre na memória coletiva das gentes e da região.”

Ainda em destaque: Rizumik, nome artístico de Tiago Grade, é uma referência no “beatbox” nacional e internacional. Vencedor do American Beatbox Championship, o seu trabalho como performer, vocalista percussionista, já o levou desde Nova Iorque a Macau. A sua viagem pelas ilhas dos Açores também contou com paragem no Faial para o encontro de artistas no Fringe na terça-feira 29 de maio, logo depois de Horta a Pé.