O atual presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Eduardo Pinheiro, apresentou, na passada reunião extraordinária do executivo, uma proposta para que a futura praça a construir no terreno delimitado pelas ruas de Sousa Aroso, Brito e Cunha e D. João I, em Matosinhos-Sul, tenha o nome do ex-presidente Guilherme Pinto, recentemente falecido.

A proposta terá agora de ser aprovada pela Comissão de Toponímia e pela União de Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira, mas conta, desde já, com o apoio de todas as forças políticas representadas no executivo municipal.

A futura Praça Guilherme Pinto, que está orçada em mais de 477 mil euros e cujas obras deverão arrancar ainda este mês, foi idealizada pelo ex-presidente que considerava que esta seria a “grande praça que Matosinhos nunca teve e que, doravante, poderá ser um local privilegiado de exercício de cidadania”. O espaço foi projetado pela arquiteta Luísa Valente e contará ainda com um monumento ao Operário Conserveiro, da autoria do escultor Rui Anahory.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com