A Casa do Espírito Santo de Santa Luzia foi inaugurada a 5 de outubro, cumprindo-se assim uma das ambições daquela comunidade. No mesmo dia, foi estreado o piso sintético do polidesportivo de Santa Luzia.

 

A construção da Casa do Espírito Santo de Santa Luzia tem sido uma das pretensões dos habitantes daquela zona da Matriz há largos anos. De acordo com os presidentes da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia, foi através do diálogo com os moradores que se percebeu que este era uma obra estruturante.

Para Alexandre Gaudêncio, ainda que este seja uma “obra simbólica”, é também “de grande valor para a população que vive com enorme devoção a festa do Espírito Santo, ainda para mais num ano em que as festividades tiveram de ser canceladas devido à pandemia”.

Por sua vez, Hernâni Costa, que se mostrou satisfeito pelo seu executivo cumprir mais um ponto do seu manifesto eleitoral, afirmou que este é um investimento da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia que se transmite numa “forma de dar um passo em frente no bairro de Santa Luzia”.

No mesmo dia em que o piso sintético do polidesportivo foi estreado, Hernâni Costa referiu que “a colocação do piso sintético no campo de jogos é um investimento nos nossos jovens, mas mais do que isso, o desporto é uma forma de combatermos a exclusão e as desigualdades sociais, uma forma de promovermos hábitos de vida saudáveis e combatermos as dependências dos nossos jovens”.

Na ocasião, o autarca da Matriz fez questão de relembrar que “ainda este ano a nossa Câmara pavimentou toda esta rua, dando muito mais qualidade de vida aos moradores, e a Junta de Freguesia começou a melhorar os passeios que continuam num estado muito perigoso para as pessoas”.

Para Hernâni Costa, “as pessoas deste bairro merecem e nós vamos fazer tudo ao nosso alcance para que toda a Ribeira Grande se orgulhe deste bairro”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com