A Comissão de Praxe do ISAG – European Business School lançou uma iniciativa solidária, que levou os estudantes a inscreverem-se como potenciais dadores de medula óssea. A ação decorreu no Centro de Sangue e da Transplantação do Porto, com a motivação de ajudar a salvar vidas.

 

 

Um grupo de estudantes do ISAG – European Business School estendeu o braço à iniciativa solidária lançada pela Comissão de Praxe e inscreveu-se no Centro de Sangue e da Transplantação do Porto.

Feito através da simples recolha de uma amostra de sangue, o registo enquanto potencial dador de medula é rápido e indolor, podendo, no futuro, mostrar-se fundamental no tratamento de várias doenças. O gesto solidário dos estudantes do ISAG – European Business School passou, ainda, pela doação de sangue, que frequentemente é alvo de apelos públicos, para ajudar à manutenção das reservas nos hospitais.

Segundo Nuno Ribeiro, responsável pela Comissão de Praxe, “a cada ano, os estudantes do ISAG, dos mais novos aos mais velhos, mostram-se empenhados em aderir a estas ações. Notamos um espírito de comunidade, união e entreajuda muito forte e uma grande vontade de fazer a diferença, mesmo que com um gesto simples. Acreditamos que, em ações e anos futuros, estes estudantes possam ser o exemplo para que mais pessoas possam juntar-se a esta causa”.

Nos últimos dois anos, a época natalícia tem sido, sempre, assinalada pela Comissão de Praxe do ISAG, com a dinamização de ações de cariz social. No ano passado, foram cerca de 30, os estudantes que se tornaram potenciais dadores de medula óssea e, em 2019, foi dinamizada uma doação de sangue no IPO.