A fase final da 2ª edição do projeto “A Escola vai à Junta”, realizou-se no passado dia 21 de março, pelas 17 horas, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Pedroso e Seixezelo. Os jovens deputados votaram e a Escola Básica das Vendas foi eleita vencedora, com a proposta da substituição do cruzamento na EN1, em Seixezelo, por uma rotunda.

O projeto “A Escola vai à Junta” é uma iniciativa criada pela Junta de Freguesia de Pedroso e Seixezelo, que é dirigida aos alunos do 3º e 4º ano de escolaridade das escolas EB1/JI de Pedroso e Seixezelo, com o objetivo de incentivar o interesse dos alunos pela participação cívica e política, desmistificando o estigma crescente de que a política é um conceito distante da realidade quotidiana e conotado negativamente com interesses divergentes dos da população, sublinhar a importância da contribuição dos alunos para a resolução de questões que afetam o seu presente e futuro individual e coletivo e valorizar a formação cívica e pessoal do indivíduo na sociedade.

Filipe Lopes, presidente da Junta de Freguesia de Pedroso e Seixezelo, explicou que “o projeto desenvolve-se em duas fazes ao longo do ano letivo. Na primeira fase, na Fase de Escola, os alunos criam partidos, formam listas candidatas à eleição de deputados e fazem campanha junto dos colegas de escola, que depois vão eleger uma lista. A lista mais votada vai representar a escola na Sessão de Junta, que é a segunda fase, é esta fase final, a Fase de Freguesia, que culmina com a realização de uma Assembleia de Freguesia, na qual os alunos desempenham o papel dos eleitos locais. O que nós fizemos na primeira edição foi pedir aos alunos que participassem e que concorressem com projetos que pudessem ser executados pela Junta de Freguesia”.

A sessão contou com a presença de Elisa Cidade, vereadora da Câmara Municipal de Gaia, Joaquim Tavares, presidente da Assembleia de Freguesia de Pedroso e Seixezelo, Jorge Margarido, responsável pelo Pelouro da Educação da Junta de Freguesia de Pedroso e Seixezelo, Joaquim Silva, tesoureiro da Junta de Freguesia de Pedroso e Seixezelo, Cristina Saraiva, membro da Assembleia de Freguesia, Catarina Carvalho, secretária e assessora do presidente da União de Freguesias de Pedroso e Seixezelo, Domingos Oliveira, diretor do Agrupamento de Escolas de Carvalhos, e Eduardo Fonseca, diretor do Agrupamento de Escolas Júlio Dinis.
Em causa estava a segurança rodoviária e os jovens deputados, representantes de cada escola, apresentaram as suas propostas no púlpito da Assembleia de Freguesia. “Limpeza das Sarjetas”, “Cuidados a ter na estrada”, “Dia sem carro”, “Colocação de lombas junto às Escolas”, “Criação de passeios na Rua das Cavadinhas”, “Mais segurança na estrada” e “Substituir o cruzamento em Seixezelo por uma rotunda”, foram as propostas expostas pelos alunos da Escola EB1/JI de Alheiras, da Escola EB1/JI de Carvalhos, da Escola EB1/JI de Figueiredo, da Escola EB1/JI de Leirós, da Escola EB1/JI de Mexedinho, da Escola EB1/JI da Senhora do Monte e da Escola EBI das Vendas.

No final decorreu uma votação, através da qual os alunos elegeram a ideia da Escola Básica das Vendas, em Seixezelo, que propôs a substituição do cruzamento na EN1, em Seixezelo, por uma rotunda.

“A proposta vencedora desta edição não é da competência da Junta de Freguesia, pois contempla a criação de uma rotunda na Estrada Nacional nº1. Contudo, é uma proposta pertinente, porque é uma zona onde acontecem muitos acidentes e onde houve, recentemente, uma vítima mortal. Eu acredito que a Câmara Municipal tenha já essas informações e tenha já um levantamento de toda aquela zona, mas é uma proposta pertinente, interessante e penso que a forma como os alunos a apresentaram foi cativante, o que fez com que os meninos e meninas das outras escolas a elegessem”, enalteceu o presidente da Junta de Freguesia de Pedroso e Seixezelo.

Filipe Lopes sublinhou ainda que “as propostas são, todas elas, muito interessantes. Se calhar, numa fase mais rápida, algumas serão mais facilmente implementadas, outras demorarão o seu tempo, mas a nossa ideia é fazer como no ano passado e no que respeita ideia a vencedora fazer o possível para a implementar. O ano passado concretizámos de imediato, porque era de execução da Junta de Freguesia, esta já não será, mas vamos olhar para todas elas e tentar implementá-las e vamos olhar para todas elas com a mesma importância”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com