A Mercadona entregou, pela segunda vez, produtos de limpeza, higiene e cuidado pessoal a oito Estruturas de Apoio de Retaguarda Covid-19, uma forma de reforçar o seu Plano de Responsabilidade Social e ajudar a ultrapassar esta situação de crise devido à pandemia.

 

 

A Mercadona reforçou o seu Plano de Responsabilidade Social durante a situação de crise de saúde causada pela Covid-19. Além de colaborar com diversas instituições que ajudam no apoio a famílias carenciadas, a empresa é parceira de oito Estruturas de Apoio de Retaguarda que acolhem utentes vítimas da Covid-19, de Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) e dos Lares Residenciais (LR) no Norte do país.

Estas oito estruturas, localizadas no Porto, Viana do Castelo, Braga, Bragança, Aveiro e Vila Real, têm capacidade máxima para apoiar 517 pessoas. Em abril de 2020, a Mercadona doou 11.500 quilos de produtos, e reforçou agora o seu apoio com uma segunda doação de bens essenciais para garantir boas condições de higiene e limpeza das estruturas.

Esta segunda doação, realizada no passado mês de janeiro, teve como objetivo dotar estas estruturas de produtos necessários para a limpeza, higiene e cuidado pessoal. O material foi entregue nas instalações do Regimento de Transmissões, no Porto, – local utilizado como apoio logístico – e será agora distribuído pelas Forças Armadas às oito Estruturas de Apoio de Retaguarda Covid-19.

O Secretário de Estado da Mobilidade e Coordenador do Combate à Pandemia de Covid-19 na Região Norte, Eduardo Pinheiro, admite que “o combate à pandemia tornou-se a maior batalha que temos enquanto sociedade”, pelo que “só com o empenho e cooperação de todos, cidadãos e instituições, iremos ultrapassar este momento difícil”. “O donativo da Mercadona é prova disso, é um exemplo de solidariedade e de cooperação com a comunidade. A conjugação de esforços fará com que possamos reforçar as respostas nas nossas Estruturas de Apoio e Retaguarda, servindo melhor os cidadãos, sobretudo os mais frágeis”, acrescenta.

Já Ana Mendia, diretora de Responsabilidade Social da Mercadona Portugal, explica que “a Mercadona comprometeu-se desde o início a apoiar as Estruturas de Apoio de Retaguarda que foram criadas para acolher vítimas da Covid-19”. “Para nós é muito gratificante poder colaborar nesta iniciativa que tanto tem apoiado as vítimas da pandemia, bem como, permitido aliviar a pressão que se vive atualmente nos Hospitais”, refere.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com