O projeto “Meu Bairro, Minha Rua”, promovido pela Câmara Municipal de Gaia, continua a fazer a diferença junto da comunidade. Depois do quarteirão da Biblioteca Municipal, de Quebrantões, do Cedro e de António Sérgio, seguem-se mais três zonas do concelho: quarteirão Senhora da Graça (Grijó), quarteirão de S. João (Canelas) e quarteirão do Espinheiro (Canidelo).

Neste momento, já está a decorrer a fase de distribuição dos questionários aos moradores, porta a porta, de forma a que identifiquem os principais problemas destas áreas.

Inserida no programa “Ubuntu no Bairro”, e em parceria com o Instituto Padre António Vieira (IPAV), esta iniciativa procura que o diálogo, as redes e a confiança sejam os fatores críticos para a identificação de problemas e desafios, permitindo a construção de uma comunidade coesa, com objetivos de desenvolvimento comuns. É um projeto que procura envolver famílias, indo ao encontro e colaboração intergeracional para colmatar o isolamento social e a desfragmentação; a escola, através da formação e capacitação de docentes e educadores e capacitação de crianças e jovens pela metodologia e clubes Ubuntu; as empresas, promovendo  a responsabilidade social para o desenvolvimento comunitário, e a comunidade, num envolvimento alargado da comunidade, percebendo o conceito de interdependência comunitária.

O projeto arrancou em 2019, de forma experimental, no quarteirão da Biblioteca Municipal e nasceu da vontade de encontrar soluções e garantir que as preocupações da comunidade sejam sinónimo de um processo de revitalização permanente, trazendo a Vila Nova de Gaia uma visão de futuro projetada por cada cidadão.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com