O Pony Club do Porto foi fundado, em 2013, pelo empresário José Ferreira Pinto, com o intuito de auxiliar as pessoas com necessidades especiais, através da prática de atividades equestres.

O presidente da direção conversou com o AUDIÊNCIA sobre a história e sobre os objetivos deste projeto que visa promover a saúde e o desenvolvimento das capacidades do indivíduo.

O que está na origem da fundação do Pony Club do Porto?
A fundação do Pony Club do Porto partiu da minha vontade de contribuir para o bem-estar da sociedade e foi por esta razão que nós, em 2013, fundamos esta associação que é, atualmente, uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS). Deste modo, esta associação surgiu como um projeto de cariz solidário que visa promover a saúde e o desenvolvimento das capacidades do indivíduo por via do lazer, do desporto e das práticas terapêuticas. Eu posso afirmar que o Pony Club do Porto é uma referência no panorama equestre nacional graças à qualidade dos nossos serviços, dos nossos espaços e do profissionalismo da nossa equipa.

Quais são os principais objetivos do Pony Club do Porto?
O nosso objetivo é proporcionar o acesso a práticas desportivas e terapêuticas de uma forma abrangente e inclusiva, isto é, sem fronteiras de ordem social ou económica, para, desta forma, potenciarmos a inclusão social e o desenvolvimento de crianças, jovens e adultos com necessidades especiais.

O Pony Club do Porto mudou de instalações, a que se deve esta mudança?
Nós tivemos de mudar de instalações porque já não tínhamos espaço. Nós estávamos fisicamente limitados nas nossas antigas instalações que eram partilhadas com o Sport Club do Porto e vimo-nos obrigados a procurar respostas, dentro da cidade do Porto, para não prejudicarmos os nossos utentes. Neste seguimento, nós investimos cerca de 900 mil euros na construção das novas instalações, que nasceram num terreno que foi cedido pela Santa Casa da Misericórdia e que se encontra anexo ao Hospital Conde Ferreira, em Paranhos.

Quais são as infraestruturas que compõem o Pony Club do Porto?
O Pony Club do Porto é composto por dois campos exteriores para trabalho de animais, aulas, provas e apresentações, dois picadeiros cobertos, um para uma vertente de equitação desportiva e outro para as sessões de equitação terapêutica, vinte boxes para alojar póneis e cavalos, um centro veterinário com box de isolamento e espaço de ferração, um edifício multifunções que alberga gabinetes de terapias, uma sala sensorial, camaratas e uma sala polivalente para formação, eventos, conferências e aniversários.

Esta instituição presta inúmeros serviços, pode falar-me sobre eles?
O Pony Club do Porto realiza sessões individuais e de grupo de equitação terapêutica, hipoterapia e equitação adaptada, efetua terapias assistidas complementares auxiliadas por animais e em gabinete, organiza e participa em eventos desportivos e terapêuticos, inicia a prática de equitação com póneis ou cavalos, nomeadamente na vertente de obstáculos e de ensino, realiza provas, exibições, exames de sela e estágios, cria espaços de intervenção, de partilha e orientação de famílias, efetua ações de formação na área terapêutica e desportiva, organiza campos de férias de inclusão nos períodos de férias escolares e coordena festas de aniversário, entre outros eventos. As atividades lúdicas e desportivas são abertas a todo o público que procure viver experiências divertidas e educativas com póneis e cavalos.

A Procalçado é mecenas desta instituição. Qual é a importância da contribuição desta empresa?
A Procalçado, que já tem agregadas a si mais duas empresas, a Wock e a Lemon Jelly, é a empresa que ajuda o Pony Club do Porto a sobreviver, porque não há outra forma de subsistência. Eu posso dizer-lhe que, neste momento, estou a pensar em tentar arranjar mais mecenas que estejam interessados em apoiar este projeto e que estou a montar uma pequena estrutura para que isso aconteça ainda durante este ano ou no próximo ano. O meu objetivo é criar as condições necessárias para oferecer ao país, nomeadamente ao distrito do Porto, uma solução para pessoas com necessidades especiais para terem uma vida melhor. Eu fiz um investimento pessoal muito grande, criei as condições e agora estou num momento em que quero dar um novo passo para uma nova era do Pony Club do Porto, em que o Pony Club do Porto terá os apoios da comunidade civil necessários para cumprir a sua missão, pois, no fundo, o seu intuito é ajudar e proporcionar uma vida melhor às pessoas que tanto precisam dela e, portanto, temos um projeto ambicioso, que está a dar agora os verdadeiros primeiros passos, é quase um renascer do Pony Club do Porto para uma vida totalmente nova.

Quais são as suas perspetivas para o futuro?
A nossa ambição é chegar a mais pessoas e criar, no fundo, as condições de apoio necessárias que nos permitam levar este projeto mais longe. Em termos de infraestruturas, nós temos umas infraestruturas espetaculares e os nossos funcionários estão entregues de corpo e alma para oferecer um dia melhor a todas as pessoas que entrem no Pony Club do Porto, pelo que agora os objetivos passam por crescer e abranger um número de pessoas cada vez maior e para isso vamos precisar da ajuda de toda a sociedade civil. O Pony Club do Porto quer oferecer às pessoas e aos mecenas a capacidade de contribuírem para um bem maior, que é o bem social em prol das pessoas que mais necessitam.


BI:

José Ferreira Pinto é fundador e presidente do Conselho de Administração da Procalçado. O empresário edificou o Pony Club do Porto com o objetivo de auxiliar todas as pessoas que, por diversos motivos, necessitam de ser apoiadas na construção de um processo evolutivo a nível físico, intelectual e emocional.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com