O velejador Serafim Gonçalves, “laserista” que há cerca de duas décadas ininterruptas, representa o Clube Naval Povoense (Póvoa de Varzim), classificou-se em oitavo lugar na Semana Olímpica da Galiza, continuando a evidenciar uma época plena de actividade e ambição.

À primeira vista, a classificação obtida poderá não suscitar grande relevo. No entanto, atendendo a que se trata de um velejador da categoria “master” no escalão dos 45-55 anos, ter que se bater com opositores de idade bastante inferior, traduziu-se numa enorme exigência que só dignifica o perfil mental deste velejador matosinhense, que ostentou durante longos anos as cores do Sport Clube do Porto.

Neste evento, que teve lugar no Centro de Alto Rendimento, em Villa Garcia de Arousa, cuja organização esteve a cargo, conjuntamente, da Real Federação Galega de Vela e da sua congénere nacional, estiveram envolvidas várias dezenas de concorrentes, oriundos de vários pontos de Espanha, tendo-se sagrado vencedor Pablo Astiarazan, que totalizou 16 pontos de penalização, fruto de dois triunfos parciais, no conjunto das nove regatas agendadas e concretizadas.

Os parceiros de Pablo Astiarazan no pódio foram Cláudia Sobral, do Clube Maritimo de Oza, que foi segunda, com 19 pontos, tendo o terceiro patamar pertencido a Giúlio Nunoz, com 22 pontos. Quanto a Gonçalves, que teve num 5º lugar o seu melhor posicionamento, o velejador do clube poveiro foi oitavo da geral, com 67 pontos, na sequência dos seguintes posicionamentos parcelares, daquele que foi considerado o participante mais velho do evento: um quinto lugar, um sexto, um sétimo, dois oitavos, um nono, dois 12ºs e um 14º lugar, para além do descartado, por norma o que representa a pior performance.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com