O Município da Trofa subscreveu, após a aprovação da adesão pela Assembleia Municipal no passado mês de junho, o Pacto de Autarcas para o Clima e Energia, iniciativa da Comissão Europeia, de adesão voluntária, que foi lançada a 1 de novembro de 2015 e resultou da junção das iniciativas prévias Covenant of Mayors e Mayors Adapt, a primeira dirigida à mitigação de emissões de Gases com Efeito Estufa (GEE) e a segunda à adaptação às alterações climáticas.

O Pacto de Autarcas para o Clima e Energia reúne autoridades locais e regionais, que se comprometem voluntariamente com a implementação dos objetivos da União Europeia para o clima e energia no seu território. Os municípios signatários partilham a visão de tornar as cidades descarbonizadas e resilientes, onde os cidadãos têm, simultaneamente, acesso a energia segura, sustentável, acessível e renovável.

Neste seguimento, as cidades subscritoras comprometem-se, resumidamente a reduzir as emissões de CO2 (e eventualmente de outros Gases com Efeito de Estufa) no seu território em pelo menos 40% até 2030, designadamente mediante um reforço da eficiência energética e de um maior recurso a fontes de energia renovável; a aumentar a resiliência do território, adaptando-se aos impactos das alterações climáticas; e a garantir a produção de estudos e informação necessária no âmbito do Pacto, incluindo a monitorização, que poderá resultar em ajustamentos aos planos definidos com vista ao cumprimento dos objetivos.

Segundo a Câmara Municipal da Trofa, o município terá o apoio da AdEPorto – Agência de Energia do Porto ao longo de todo este processo, incluindo no desenvolvimento do PAES (Plano de Ação para a Energia Sustentável) e do PMAAC (Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas).

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com