A Comissão de Provas do Axis Golfe de Ponte de Lima, infraestrutura dirigida por La Salete Moura Correia, levou a efeito mais uma prova de entre os torneios mais prestigiados da instituição limiana.

Trata-se da XXIII edição da Taça do Outono, disputada na modalidade Texas Scramble, que reuniu sete dezenas de participantes, alguns dos quais originários de percursos da vizinha Galiza. Para além do entusiasmo evidenciado pelos concorrentes, quer pelas boas condições do campo, quer pelo sol que raiou durante o dia e pelos aliciantes prémios em jogo, estiveram em destaque as altas pontuações dos detentores dos “handicaps” mais elevados, uma ajuda preciosa para a obtenção dos resultados correspondentes.

A esse propósito, merece particular destaque a alta pontuação do par vencedor – Alexandre Carvalho e Joaquim Melo, os quais, alinhando com uma bonificação média de 13 pancadas rubricaram um “scorecard” que somou 48 pontos, marca que superou em 12 o nível de jogo da dupla vencedora. Os vencedores terminaram com cinco pancadas de vantagem sobre os segundos, posição que foi alcançada pela dupla Américo Pedregal e Luís Almeida, que assinaram um cartão com 43 pontos, enquanto o terceiro patamar do pódio pertenceu a Paulo Fernandes e José Carlos Macedo, que somaram 42 pontos.

Na modalidade de “score” real (“gross”), Carvalho e Melo também venceram, tendo somado 35 pontos, à frente de Paulo Fernandes e José Carlos Macedo, com menos um. No entanto, a não acumulação de prémios originou ligeira alteração na ordem estabelecida.

Quanto aos prémios especiais, António Monteiro e Isabel Garate protagonizaram o “drive” mais longo no buraco 16, enquanto Rui Pinto assumia-se como o “ferro” mais certeiro no buraco “17”, ao colocar a bola mais perto da bandeira.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com