A Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) divulgou, a 1 de outubro, a lista das “Comunidades Pró Envelhecimento 2020/2021”. As Câmaras Municipais da Póvoa de Varzim, Trofa, Fafe, Penafiel e Valongo estão entre as 92 entidades distinguidas, a par da União de Freguesias de Pedroso e Seixezelo, da Junta de Freguesia de Rio Tinto e dos Município de Gondomar, Lousada, Ovar e Vila Nova de Gaia.

 

 

Ciente de que “são os cidadãos o principal valor da sociedade e esse valor não tem fronteiras de idade” e certa de que “mais do que tentar anular o envelhecimento demográfico, é necessário mobilizar esforços para potenciar os benefícios do envelhecimento”, a Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) divulgou, no Dia Internacional do Idoso (1 de outubro) a lista das “Comunidades Pró Envelhecimento 2020/2021”.

Apesar de ter sido lançada antes do contexto epidemiológico que estamos atualmente a viver, esta iniciativa é mais atual do que nunca pois “reforça a necessidade de se perspetivar as comunidades como contextos de vida de excelência para a promoção do envelhecimento saudável e bem-sucedido, com o objetivo último de construirmos uma sociedade coesa, equitativa, inclusiva, saudável e segura, que promova o bem-estar e a contribuição cívica de todos os cidadãos, durante todos os momentos do ciclo de vida”. E foi neste espírito que inúmeras instituições se candidataram ao selo que as distingue pelas políticas, programas, planos estratégicos e práticas que demonstram um compromisso diário, forte e efetivo com a promoção do envelhecimento saudável e bem-sucedido ao longo de todo o ciclo de vida.

 

Trofa: “é um dever da nossa comunidade”

Entre os distinguidos do distrito do Grande Porto, que pode consultar na caixa “Os melhores amigos da Terceira Idade”, encontra-se a Câmara Municipal da Trofa.

Para o responsável pelos comandos da autarquia trofense “é fundamental estimular e trabalhar a força do capital humano que cada geração traz, especialmente a geração sénior. Esta é uma parte da população que constitui a força e a grandeza de uma sociedade coesa, inclusiva, saudável e segura, e na qual a Câmara Municipal da Trofa continuará a apostar através das suas políticas e iniciativas”, afirma Sérgio Humberto, que defende também que “este investimento orientado para os mais velhos é um dever da nossa comunidade, não só em reconhecimento do muito que estes trofenses já contribuíram para o desenvolvimento do nosso concelho mas, sobretudo, porque cuidar dos nossos, cuidar de quem já tanto cuidou de nós, é para nós um valor e um princípio fundamental ”.

O esforço da Edilidade em prol da melhoria de vida dos seus habitantes mais velhos tem-se revelado uma prioridade da Câmara Municipal da Trofa, que nos últimos anos tem apostado em iniciativas como a criação do Cartão Diamante (com acesso a descontos em serviços e aquisição de bens no comércio e empresas locais), o serviço de teleassistência domiciliária, o desporto, a natação e as colónias balneares seniores, o passeio anual sénior, as atividades do Centro Comunitário Municipal da Trofa ou ainda a segurança sénior, iniciativa que envolve um acompanhamento de proximidade à população mais idosa do Concelho, através da Polícia Municipal.

De referir ainda que, nesta fase de pandemia, a Câmara Municipal da Trofa assegurou ainda acompanhamento a inúmeros seniores sem retaguarda familiar, através da sua rede de voluntários do Banco Local de Voluntariado, bem como apoios financeiros pontuais para casos de urgência, tendo ainda conseguido avançar com a realização de testes de Covid-19 aos utentes de todos os lares do Concelho, custeando 50% do valor deste investimento a par do Grupo Trofa Saúde Hospital que custeou os restantes 50%.

Em paralelo os seniores da Trofa estão envolvidos em projetos como grupos corais, grupos de cavaquinhos, diversos ateliês e a Biblioteca ao Domicílio, em que é estimulada a leitura, sem necessidade dos leitores se deslocarem. Mais recentemente, a Câmara Municipal da Trofa implementou o Atendimento Descentralizado, em que o Executivo Municipal da Trofa se desloca à diferentes freguesias, sob marcação, para atender os munícipes, evitando assim deslocações dos mesmos, principalmente dos mais idosos, que têm menos mobilidade.

Desta forma, a Trofa mostra-se como um caso exemplar e de sucesso no que toca a tentar minorar o impacto do envelhecimento demográfico e amplificar os seus benefícios.

 

Com este foco em mente, a Ordem dos Psicólogos Portugueses atribuiu no Dia Internacional do Idoso o Selo “Comunidades Pró-Envelhecimento 2020/2021” à Autarquia Trofense.

Esta iniciativa da Ordem dos Psicólogos Portugueses representa um enorme e louvável contributo para a sustentabilidade dos sistemas social e económico, através do investimento no enorme e rico capital humano que possuímos. “Desconsiderar o benefício coletivo do envelhecimento é desperdiçar capital humano”, referem no site da iniciativa.

 

 

 

“Os melhores amigos da Terceira Idade”

Da lista divulgada a 1 de outubro, merecem destaque as entidades com ‘arraiais assentados’ no distrito do Porto. São elas:

Câmara Municipal de Fafe

Câmara Municipal de Penafiel

Câmara Municipal da Póvoa de Varzim

Câmara Municipal da Trofa

Câmara Municipal de Valongo

Junta de Freguesia de Rio Tinto

Município de Gondomar

Município de Lousada

Município de Ovar

Município de Vila Nova de Gaia

União de Freguesias de Pedroso e Seixezelo

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com