Um grupo de comunicação social regional no qual o AUDIÊNCIA está inserido é mais um alvo de ciber ataques. Desde o passado dia 9 de fevereiro que se registam ataques constantes aos servidores que suportam os sites da Rádio Regional, Jornal Audiência, JornalOnline e serviços de email, cloud e streaming de rádio online de 11 estações de rádio locais registam ataques constantes.

Os ataques ainda não sortiram qualquer efeito, contudo, na passada terça-feira, só entre as 20h40 e as 22h18 foram registadas 359 tentativas de violação do servidor principal. Segundo Vítor Fernandes, diretor da Rádio Regional, estes ataques não são de agora, embora se tenham intensificado nos últimos dias.

“Não é de agora, estes ataques são mais ou menos regulares há mais de dois anos ainda que menos intensos, desde outubro de 2021 até hoje que estão a tornar-se mais regulares e intensos. Há dias que registamos ataques massivos que apesar de não derrubarem as nossas defesas conseguem criar algum congestionamento no tráfego eletrónico, como aconteceu hoje que preventivamente desligamos por 30 minutos os nossos servidores de streaming que distribuem o sinal da nossas rádios aos ouvintes online e aos distribuidores nacionais como a NOS, MEO, Vodafone e Nowo”, explicou.

Segundo a Rádio Regional, detentora dos servidores em causa, os ataques são oriundos na sua maioria da Rússia, Ucrânia, China, EUA, Índia e Vietname.

“Eu acredito que este tipo de ataque não é direcionado a algo ou alguém em particular, isto são ataques globais a servidores que estejam indexados [relacionados] com países ou interesses concretos, como a comunicação social, saúde, política, telecomunicações, etc” esclareceu o responsável da Rádio Regional garantindo que irá reportar a situação ao Centro de Cibersegurança Nacional.