Green Media lança o novo Programa de Sustentabilidade para apoiar as empresas a adotar uma estratégia mais sustentável. Constituído o Comité para a Sustentabilidade que aconselha, avalia, orienta e valida as soluções encontradas, o Programa relança a oportunidade de reavaliar a atividade da empresa a 360 sob o prisma da sustentabilidade e com uma análise do impacto direto na preservação e proteção do meio ambiente, para o qual terá um selo próprio.

 

Criado especificamente para cada empresa, o programa contempla: um Workshop de Reflexão Green para Diagnóstico Top Management e avaliação de investimento no ano 0, um concurso de ideias interno e externo, um programa de prémios green, a divulgação das novas soluções em implementação e uma estratégia de comunicação do programa e dos resultados, entre muitas outras ações que, ajustadas ao calendário das iniciativas da empresa cliente e de acordo com anteriores iniciativas que a empresa possa ter tido, venham dar um novo impulso nesta fase de relançamento das empresas no mercado.

 

A iniciativa aspirava contar com a participação de alguns dos mais credenciados e emblemáticos profissionais amigos do meio ambiente com o intuito de reforçar esta estratégia e intensificar o nível de intervenção, assim como da eficácia das soluções em curso, o seu impacto e o contributo na redução da pegada ecológica. Entre eles, estão Pedro Norton de Matos, organizador do GreenFest; Xico Gaivota, Artista Plástico; Francisco Ferreira, Presidente da Associação Zero e Luísa Ferreira Nunes, Ilustradora da natureza.

 

Reduzir, reutilizar, proteger e produzir são as novas palavras de ordem que já têm impacto no consumo, tendo em conta a preparação do mercado e do consumidor a nível global. As empresas entenderam a necessidade premente de mudança, pelo que “o Programa de Sustentabilidade para as empresas é muito mais que uma aposta ou um novo produto, mas uma missão que vem ao encontro desta necessidade, sendo que o objetivo é reunir o consenso da Administração para a mudança e os inerentes investimentos”, salienta Isabel Augusto, diretora-geral da Green Media.

 

Neste sentido, será definido um Manual para cada mercado e indústria e certificada cada empresa que avançar com o Programa, comunicando de forma interna e externa, aferindo com um grupo profissional de peritos como a marca está mais green. Após 15 anos no mercado, Isabel Augusto, relembra que “não é a primeira vez que o contexto empresarial é sensível a uma estratégia de sustentabilidade. Contudo, sinto que esta é a mais genuína, pois existe uma real preocupação em adotar novas medidas mais amigas do meio ambiente. Acredito que este pode ser um programa evolutivo e continuado nos anos seguintes com upgrade paralelo para Nível 1 e 2”.

Com os olhos postos no futuro, a diretora-geral da Green Media, destaca que “encontrar e apoiar a implementação de estratégias diferenciadoras para elevar os nossos clientes à liderança do seu mercado, através de uma Comunicação eficaz, de forma profissional e segmentada, é a nova missão da agência para os próximos 15 anos”, lembrando ainda que esta é uma frase que “gera a expetativa correta para o mercado que nos quiser conhecer”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com