Em período de eleições intercalares, já que exclusivamente este órgão se demitiu no mês de janeiro, foram apresentadas duas listas às quais foram atribuídas as letras A e B.

Uma vez que a lista A não apresentou subscritores, não cumprindo um dos requisitos mencionados nos estatutos desta coletividade, apenas a lista B se lançou a sufrágio.

Os associados compareceram da mesma forma para fazer parte ativa desta eleição, atribuindo 134 votos a favor à lista B, liderada por Hugo Falcão, e com apenas 2 votos nulos e 5 votos em branco.

Esta lista é composta por mais 8 Vice-Presidentes. Vitor Oliveira para a Área Financeira, Ricardo Pereira para a Área de Logística, Luís Neves para a Área de Relações Públicas e Comunicação, Helena Oliveira para a Área de Representações e Modalidades, Bruno Cardoso para a Área Cultural, Paulo Rei para a Área Administrativa e Jurídica, Nuno Santos para a Área Desportiva e Paulo Gonçalves para a Área de Instalações e Equipamentos.

A eleição decorreu dentro da normalidade e os membros eleitos tomaram posse logo após, de forma a evitar a convocatória de uma nova assembleia para tal efeito.

O ex-Presidente Jacinto Guedes que fez a passagem cordial de testemunho, abraçando o novo Presidente, fez questão de lembrar que “deseja muito sucesso à nova Direção e que espera que se eleve bem alto um nome que tem sido de referência para os adeptos do clube”.

Após este ato que muito honrou os presentes e demonstrou fair-play numa coletividade que conta com cerca de 550 associados, o Presidente Hugo Falcão apresentou a sua equipa, enumerou as responsabilidades de cada um deles, falou naqueles que eram os pontos fortes deste projeto e assumiu compromissos.

Esta não é a primeira vez que representa a Casa do Benfica, já que entre 2010 e 2013 foi Presidente da Mesa da Assembleia Geral e entre 2013 e 2015 foi Presidente da Direção e Delegado Regional das Casas do Benfica do Douro Litoral.

Aquando da sua eleição, convidou Rodolfo Mesquita, Presidente da União das Freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo para Presidente da Mesa da Assembleia Geral, cargo que ainda hoje ocupa.

Já no final, como um ato simbólico e de demonstração de compromisso, todos os elementos da Direção “vestiram a camisola”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com