O Festival da Canção Gaia 2021 é uma iniciativa do Jornal AUDIÊNCIA e tem como principal objetivo a defesa e a valorização dos cantores, músicos e compositores, que tenham algum tipo de ligação ao concelho de Vila Nova de Gaia.

 

“Um Festival à imagem dos cantores, músicos e compositores gaienses ou com algum tipo de ligação ao município de Gaia”. É assim que Joaquim Ferreira Leite, diretor do Jornal AUDIÊNCIA, caracteriza esta iniciativa, que está a ser organizada “em colaboração e para aqueles que vivem no música”.

Neste seguimento, o AUDIÊNCIA está a contactar os artistas musicais, que têm algum tipo de ligação ao concelho de Vila Nova de Gaia, com o intuito de obter respostas às questões: “como é do seu conhecimento, o Jornal AUDIÊNCIA pretende organizar o Festival da Canção Gaia 2021, cujas datas estarão, naturalmente, dependentes da evolução da pandemia provocada pela proliferação da covid-19. Na sua opinião, qual é a relevância desta iniciativa?”, ”acredita que uma ideia como esta, num período como este, pode contribuir fortemente para a valorização dos artistas de Gaia?”, “na condição de cantor, músico ou compositor, se dependesse de si, que parâmetros acha que o regulamento deveria conter?”, ”se tiver oportunidade e se regulamento for ao encontro dos seus anseios, pondera participar?”, “quais são as suas expectativas para o Festival da Canção Gaia 2021?”. As declarações vão ser divulgadas ao longo das próximas edições.

 

Carla Maria

 “Esta iniciativa é muito importante, pois, desta forma, os artistas/autores/compositores gaienses poderão divulgar o seu talento e dar a conhecer aos «conterrâneos» os talentos existentes em Vila Nova Gaia”.

“Sem dúvida, num período em que o mundo da música está completamente parado, é uma forma de mostrar que estamos parados, mas ainda «vivos»”.

“O primeiro de todos, na minha opinião, seria que todos os temas deveriam ser em «português». Também seria importante que o cantor, músico ou compositor fosse residente em Vila Nova de Gaia”.

“Sim, porque não?”.

“Tenho a certeza que será um espetáculo memorável e uma iniciativa que dará a oportunidade a muita gente, que está no anonimato, de brilhar. Parabéns AUDIENCIA!”.

 

 

Daniel Fernandes

“Uma excelente iniciativa levada a cabo pelo Jornal AUDIÊNCIA. É de conhecimento público que a cultura está a sofrer bastante com esta pandemia e uma iniciativa destas dá oportunidade a muitos dos talentos de Vila Nova de Gaia de serem acarinhados pelo público”.

“Vila Nova de Gaia tem talentos que necessitam de se dar a conhecer ao seu concelho, acho que esta iniciativa pode ajudar nesse reconhecimento e a dar prestígio a quem tem talento, mas nem sempre tem oportunidade de o divulgar”.

“Eu, como cantor e apaixonado que sou pela música, acho que a  avaliação devia ter em consideração a música produzida e escrita, a originalidade e, claro, a voz e a interpretação, que são fundamentais”.

“Se surgir a oportunidade, teria imenso prazer em participar nesta iniciativa”.

“Espero que tenha uma grande aceitação por parte do público, que acho que terá, até porque o momento que vivemos não é fácil e a cultura ajuda sempre nestes momentos”.

 

 

Jorge Oliveira

 “Penso que é um evento de grande relevância, uma vez que nunca foi feito nada neste género em Vila Nova de Gaia e, creio eu, na zona norte do país. Alem de valorizar a cidade de Gaia, em termos Culturais, neste caso em termos musicais, este evento irá dar a conhecer novos talentos a Portugal”.

“Um evento destes valoriza sempre qualquer artista. Claro que, com o período em que nos encontramos, penso que o reconhecimento e a valorização de quem participar no concurso será maior, pois com os concertos cancelados e gravações suspensas existe uma grande necessidade de o artista se autopromover e de arranjar plataformas onde o seu trabalho seja reconhecido”.

“Uma vez que é um Festival da Canção de Gaia, penso que um dos parâmetros seria que o artista pertencesse a este concelho. Quanto aos regulamentos terão que conter uma música e letra original, que não ultrapasse, no máximo, 3 minutos e 30 segundos, já com os arranjos e masterização feita”.

“Boa pergunta. Já concorri ao Festival da RTP 1, em 2010, como autor e compositor com o tema – «O mundo de pernas para o ar». No qual fiquei em quarto lugar. Foi uma experiencia nova, mas não digo que não voltaria a faze-lo”.

“Expectativas bastantes altas. Não será um evento fácil de concretizar, mas, certamente, será um evento que poderá ser um marco na cidade e, de tal modo, que se tenha que seja realizado anualmente. Os artistas, os autores e compositores gaienses agradecem”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com