José Cardoso Guedes terminou, em julho de 2020, no âmbito do Programa Doutoral em Engenharia de Minas e Geo-Recursos da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), um projeto de investigação, que teve como resultado a apresentação da Tese de Doutoramento com o título “Pedreira da Madalena – Objeto Mutante da Indústria Extrativa”. Um ano depois da conclusão da graduação, o autor foi galardoado pela FEUP com a distinção “Cum Laude”, na sequência da realização do doutoramento no ano transato.

 

 

José Cardoso Guedes foi galardoado com a distinção “Cum Laude”, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), na “Conferment Ceremony”, que decorreu no passado dia 18 de junho, na sequência da realização do Doutoramento, durante o ano transato.

Em causa está um projeto de investigação, que teve como resultado a apresentação da Tese de Doutoramento intitulada “Pedreira da Madalena – Objeto Mutante da Indústria Extrativa”, na qual o autor concluiu que “esta unidade industrial se apresenta como um exemplo paradigmático em Portugal de como uma exploração de recursos minerais a céu-aberto, quando conduzida de forma correta, pode ter lugar com um ciclo de vida completo, sem nunca deixar de estar em sintonia com o contexto envolvente e num regime permanente de criação continuada de valor”.

“Para além desta distinção, tem para mim também importante significado o facto da Tese de Doutoramento continuar a ser a Tese da UP mais procurada no respetivo Repositório Aberto (https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/128468), mesmo a nível internacional”, sublinhou José Cardoso Guedes, acrescentando que “a todos aqueles que tiveram a amabilidade de me felicitar, pelo facto de serem muitos, por este deixo a todos os meus mais sinceros agradecimentos”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com