Nos últimos dias o Porto está a voltar aos velhos tempos, as ruas e as lojas estão cheias de gente e animação é generalizada, as pessoas precisam de acreditar que a pandemia vai ceder e dar oportunidade a outra realidade.

No entanto os pobres estão por todo lado o desemprego aumentou e a pobreza está patente em vários sítios, Avenida dos Aliados; Passos Manuel; Praça da Batalha etc. Em todas estas ruas se vê cobertores, roupas nos portais e Homens e Mulheres à espera de ajuda de Instituições e Voluntários que se desdobram para distribuírem alimentos e agasalhos.

Em tempo de época eleitoral todos os partidos defendem novas ideias todas elas fantásticas e brilhantes para eliminar os partidos da oposição e nada melhor que apresentarem propostas construtivas e válidas para tirar aquela gente das ruas.

Na cidade do Porto existem tantas casas abandonadas a Câmara deveria pensar em adquirir e negociar com os donos desses imóveis e criar condições humanas e necessárias para proporcionar um teto num projeto válido, para todos aqueles sem abrigo.

Os políticos nesta fase eleitoral não aprenderam nada e continuam na política do bota abaixo, criticam e não apresentam nada de novo porque continuam a prometer as mesmas coisas e nunca cumprem e neste ambiente de campanha eleitoral continuam a existir as mesmas ambições e poucas soluções, mas o Porto sempre no seu melhor a bombar continua a fazer de conta a esta miséria e pobreza.

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com